Lançamento desvenda mitos e verdades sobre benzimento, explica as ferramentas utilizadas para cura e valoriza o dom especial repassado de geração em geração

Vela, galho de ervas, barbante, copo, faca, anel, tesoura… são diversos os instrumentos citados em histórias curiosas sobre benzimentos. Cada um deles é usado para causas específicas, como explica a bióloga, biopatologista e terapeuta holística Jacqueline Naylah no lançamento Eu te Benzo.

Além de revelar que a tesoura é usada para benzer doenças cíclicas – como rinite, sinusite e otite, e o copo para dores de cabeça, vícios e convulsões, por exemplo, Jacqueline desvenda também importantes mitos que cercam o assunto. Uma das grandes polêmicas que a autora aborda é sobre a moeda de troca: benzimento é um dom e deve ser usado apenas para caridade?

“Vamos entender para desmistificar. Desde a origem dos povos as trocas entre serviços, produtos, produtores e consumidores sempre existiram. O que altera para os dias de hoje é o tipo de moeda, que em tempos passados eram tecidos, animais, pedras, farináceos, tambos de leite e sal. Cada uma dessas moedas tinha um valor alto, pegando o sal como exemplo, que era utilizado para preservar as carnes, valendo mais que ouro. Hoje, nossa moeda de troca é o real.”
(Eu te Benzo, pág. 69)

Outra dúvida muito comum apresentada por Jacqueline na obra é sobre o benzimento à distância. Funciona? Segundo ela, é necessário apenas que seja criada uma lembrança sobre o benzido por meio de uma fotografia, uma peça de roupa ou uma palavra ao telefone.

Mais que uma produção para interessados sobre o tema, Eu te Benzo é o registro da história da escritora com a arte de benzer. “Neste momento emocionalmente frágil, o livro resgata a fé, a coragem, o amor incondicional e as bênçãos de nossos antepassados, que assim como nós também passaram por momentos desafiadores”, destaca Jacqueline.

Ficha Técnica:

Título: Eu te Benzo – O legado de minhas ancestrais
Autor: Jacqueline Naylah
Editora: Besouro Box
ISBN: 978-85-5527-099-4
Páginas: 136
Formato: 21 x 14 cm
Preço e-Book: R$38,00
Link de venda:  https://amzn.to/3h4fVKc

Sinopse:

Esse livro é um convite para adentrar em uma casa de benzedeira, relembrar dos tempos em que tudo era mais simples, singelo e amoroso. Se o leitor fechar os olhos talvez ainda sinta um cheirinho de arruda, ainda ouça o arrastar de chinelos da vovó pelo chão de madeira, o badalar da paróquia vizinha que anuncia o horário final dos benzimentos do dia. Ainda podemos avistar um pequeno altar com velas acesas, um aroma de brasa, um cochichar de rezos em nossos ouvidos. Nossas saudosas lembranças ainda curam nossos dias, nos acolhem e enchem nossos corações de esperança, tal como um afago de mãe. É o pulsar de nossos ancestrais em nós, um convite para que cada um de nós perpetue um legado de força e esperança deixado por eles.

Sobre a autora:

Bióloga, biopatologista, terapeuta holística. Aliou seus conhecimentos acadêmicos ao holismo, trabalhando com vivências, cursos e palestras observando o ser humano em sua totalidade. Idealizadora do Curso de Benzimento, peregrinou por todo o país transmitindo seu legado a milhares de pessoas, além da criação da versão on-line do curso que já chegou em seis países.

Redes Sociais:

Anterior Ata-me as Mãos aos Pés da Cela, entra em cartaz dia 29
Próximo Mostra Mundo Árabe de Cinema online começa nesta sexta