O venezuelano Está Tudo Bem é o grande vencedor a Competição Latino-Americana da 8ª Mostra Ecofalante de Cinema. O documentário dirigido por Tuki Jencquel acompanha a jornada de uma dona de uma farmácia, um jovem cirurgião, um ativista social e dois pacientes com câncer que enfrentam a falta de medicamentos que está no centro da crise do sistema de saúde da Venezuela.

A obra foi premiada com o troféu Ecofalante e R$ 15 mil na noite desta quarta-feira, 12 de junho, na cerimônia de encerramento realizada no Centro Cultural São Paulo.

O longa Parque Oeste dirigido por Fabiana Assis, recebeu Menção Honrosa pelo júri, formado pelos cineastas Lina Chamie e Tadeu Jungle e pelo crítico de cinema Heitor Augusto. Já o documentário GIG – A Uberização do Trabalho, de Carlos Juliano Barros, Caue Angeli e Maurício Monteiro Filho, levou o prêmio do público.

O Prêmio de Melhor Curta foi para o colombiano Palenque, de Sebastián Pinzón Silva. Guiada por temas que tocam vida e morte e um ritmo musical afro-latino constante, uma ode a uma pequena cidade que contribuiu imensamente para a cultura e a memória coletiva da Colômbia: San Basilio del Palenque, o primeiro povoado das Américas a se libertar do domínio europeu. O filme ganhou o troféu Ecofalante de Melhor Curta e R$ 5 mil de prêmio.

Concurso CURTA ECOFALANTE

O grande vencedor do Concurso Curta Ecofalante ficou com ATL: Acampamento Terra Livre, de Edgar Kanaykõ Xakriabá e com produção da UFMG – Universidade Federal de Minas. O filme se passa em abril de 2017, em Brasília, quando povos indígenas de todos as regiões do país e das mais diversas etnias reuniram milhares de lideranças no maior Acampamento Terra Livre da história exigindo seus direitos, que têm sido sistematicamente vilipendiados. O filme ganhou o troféu Ecofalante e R$ 3 mil de prêmio.

A Menção honrosa foi para Mãe do Mangue, de Isabella Cruvinel Santiago e Jonas Torralba Batista. O júri deste concurso foi composto pela produtora Nádia Mangolini, o professor e pesquisador Pedro Guimarães e o cineasta Thiago Mendonça.

Já a escolha do público foi para Laklãnõ/Xokleng: Os Órfãos do Vale, de Andressa Santa Cruz e Clara Comandolli

LISTA PREMIADOS 8ª MOSTRA ECOFALANTE

Competição latino-americana

Melhor longa pelo júri – Está Tudo Bem
Menção honrosa longa – Parque Oeste
Melhor curta pelo júri – Palenque
Menção honrosa curta – Entremarés
Melhor filme pelo público – GIG – A Uberização do Trabalho
2º e 3º lugar da escolha do público – Empate / O Espanto

Concurso curta ecofalante

Melhor curta ecofalante pelo júri – ATL – Acampamento Terra Livre
Menção honrosa – Mãe do Mangue
Escolha do público – Laklãnõ/Xokleng: Os Órfãos do Vale
2º e 3º lugar da escolha do público – Mãe do Mangue / ATL – Acampamento Terra Livre

Serviço

8ª Mostra Ecofalante
30/05 a 12/06 de 2019
facebook.com/mostraecofalante
twitter.com/MostraEco
instagram.com/mostraecofanlate
mostraecofalante.wordpress.com
www.ecofalante.org.br/mostra

Anterior Lázaro Ramos lança álbum infantil Viagens da Caixa Mágica
Próximo Diretor artístico da Parada Gay conta detalhes sobre o evento