O saxofonista Esdras Nogueira em Transe apresenta sua releitura instrumental do clássico disco “Transa”, de Caetano Veloso. Junto com o disco, Esdras preparou um ebook gastronômico onde cada receita combina com uma música

Para Esdras Nogueira a música não precisa de palavras. Ela viaja, transforma, incomoda e fala por si só. Sendo assim, o saxofonista-referência no indie nacional lança – nesta terça-feira, 09 de abril – seu quarto disco, Transe.

Trata-se de uma releitura instrumental do álbum Transa de Caetano Veloso. Este foi gravado em Londres em 1971, e lançado no ano seguinte: durante a pesarosa ditadura militar no Brasil, logo quando o cantor voltou do exílio na Inglaterra.

“O ‘Transa’ é um disco lindo e emblemático do Caetano, que junto com Jards Macalé, Tutti Moreno, Moacyr Albuquerque e Áureo de Sousa fez um trabalho forte, solto, político. Eles estavam exilados em Londres e fizeram essa obra de arte enquanto a ditadura vigorava no Brasil. Resolvi chamar o disco de Transe porque ficou com essa atmosfera bem transante”, explica o saxofonista.

Ousado, atual e aprovado pela equipe de Caê nos 45 do segundo tempo, Transe está disponível em todas as plataformas digitais. Além do disco, Esdras presenteia seus fãs com o ebook “Coma em Transe”, onde cada receita foi escolhida para combinar com cada música do disco. O ebook está disponível aqui. Para quem não sabe, o artista é um cozinheiro de mão cheia e idealizador do projeto / blog / canal Coma Lá em Casa.

“Somos metade comida e metade música. Desta vez, passamos de receitas soltas combinadas com música para um cardápio inteiro combinado com um disco inteiro. Tem começo, meio e fim. É uma viagem coordenada de som e sabor”, avisa Esdras.

No final de abril, Esdras Nogueira embarcaa para mais uma temporada pela Europa onde começará a apresentar ao vivo a releitura instrumental e muito particular do emblemático Transa.

Acompanhando o sax barítono de Esdras Nogueira está a guitarra de Marcus Moraes, o baixo de Rodrigo Balduino e a bateria de Thiago Cunha. Eles tocam juntos há cinco anos e esbanjam tanto entrosamento quanto o amadurecimento da estrada. Os arranjos do disco, feitos em conjunto, remetem à mesma liberdade ensejada pelo disco original. Uma mistura de referências, ousadia e grooves contagiantes.

#esdrastransaemtranse

Agenda

25-28 de abril: Jazzahead – Bremen, Alemanha
23 de maio-02 de junho: Barcelona
04-07 de junho: Midem – Cannes, França
30 de junho: Blue Note SP – São Paulo (show de lançamento oficial)
27 de junho: Festival Música Não é Barulho, Música Transforma – Brasília

Outubro Turnê Transe | Esdras Nogueira e Grupo
Portugal, Espanha e Holanda

Sobre Esdras Nogueira

Os ouvidos atentos ao cenário independente conhecem o músico por causa da Móveis Coloniais de Acaju, banda que fez história nos palcos do Brasil durante 18 anos e anunciou uma pausa por tempo indeterminado em 2016.

Já os mais antenados acompanham a esmerada carreira solo de Esdras Nogueira que preza pela música instrumental, com influências do carimbó, jazz, salsa, samba, música africana e latina. Artistas como Kamasi Washington, Kenny Garrett, Radiohead, Pixinguinha, Skatalites e Tony Allen fazem a sua cabeça.

Seu primeiro disco, Capivara, saiu em 2014. O debut ganhou elogios do homenageado Hermeto Pascoal. Em 2016, nasceu NaBarriguda, um disco que vai do dançante carimbó, passa pelo samba e pela música latina e ainda contém muita improvisação. No ano seguinte o artista realizou diversos shows pelo Brasil e a turnê virou seu terceiro álbum Esdras Nogueira Quinteto ao Vivo (2017).

Esdras Nogueira também toca na Sr. Gonzales Serenata Orquestra, grupo com alguns de seus companheiros de Móveis Coloniais de Acaju e na banda Consuelo, ambos de Brasília.

Saxofonista, produtor e cozinheiro, o artista se firmou como um dos nomes da nova música instrumental brasileira. Já levou sua arte dançante para festivais na Europa, Bangladesh e de norte a sul do Brasil. Na gastronomia é criador, junto com Mariana Cardoso, do site Coma Lá em Casa. Para ele, música e comida transformam vidas.

Esdras Nogueira Grupo é
Marcus Moraes – guitarra
Rodrigo Balduino – baixo
Thiago Cunha – bateria
Esdras Nogueira – sax barítono

www.esdrasnogueira.com

 youtube.com/user/esdrasnogueira

 facebook.com/esdrasnogueira.sax

 @esdrasnogueira

 @EsdrasNogueira

Assista ao lyric video instrumental de “You Don’t Know Me”

Anterior Programa Inside especial aniversário de Brasília
Próximo A Semana Santa: O que fazer em Buenos Aires em quatro dias?