Desde o dia 1º de setembro, o Elos do Cerrado comemora o Mês do Cerrado com uma programação ampla

A primeira semana contou com conversas sobre: Relação do fogo com o bioma; Agrotóxicos; Desmatamento; Protagonismo das mulheres na proteção do Cerrado; Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN); Comunidades que vivem do Cerrado; entre outros assuntos.

Todas as rodas de conversa estão disponíveis no canal do Instituto Cerrados no YouTube em youtube.com/user/yurisalmona1/videos. Até o final do evento, o canal se consolidará como uma importante fonte sobre o tema, com um conteúdo extenso e detalhado sobre o Cerrado em debates de 90 especialistas de todo país.

Nesta semana, sempre às 15h e às 19h, as reflexões acerca dos rumos para uma relação mais harmônica com o Cerrado continuam.

O Cerrado originou-se há mais de 80 milhões de anos e é a savana mais biodiversa do mundo. Sendo o segundo maior bioma da América do Sul (2 milhões de km²), está conectado com a floresta Amazônica, o Pantanal, a Caatinga e a Mata Atlântica.

Chamado de ‘berço das águas’ ou ‘caixa d’água do Brasil’, possui as nascentes das bacias hidrográficas Paraná-Paraguai, Tocantins-Araguaia, São Francisco e Parnaíba. A água dessas bacias abastece a Caatinga e Pantanal, e até de bacias da Bolívia e do Paraguai.

É habitat de cerca de 250 espécies de mamíferos, cerca de 837 espécies da avifauna, mais de 210 espécies de anfíbios, mais de 300 espécies de répteis e são conhecidas cerca de 1.200 espécies de peixes. Além de possuir mais 13.140 espécies de plantas catalogada. Apesar da sua riqueza o Cerrado é um dos biomas mais ameaçados do mundo com praticamente metade da sua área natural já desmatada.

Confira a programação:

Dia 9 de setembro:

15h: Investindo em conservar Cerrado com André Zecchin (F. Boticário), Michael Becker (CEPF/IEB), Manoel Serrão (FUNBIO), Isabel Figueiredo (ISPN), Rafael Murta (Ashoka), Leonardo Geluda (IIS) e o mediador Fernando Tatagiba (ICMBio).

19h: Desafios para a conservação da biodiversidade do Cerrado com Reuber Brandão (Rede de Especialistas em Conservação da Natureza – Fundação Grupo o Boticário), Ricardo Machado (UnB), Paula Hanna Valdujo (WWF-Brasil), Gislaine Disconzi (Projeto Pato-Mergulhão), Fernando Previdente (Projeto Pato-Mergulhão) e a mediadora Vivian Braz (Centro Universitário de Anápolis/GO).

Dia 10 de setembro:

15h: Cerrado, Mudanças Climáticas e o Acordo de Paris com Paulo Moutinho (IPAM), Cristiane Mazzetti (Greenpeace Brasil), Ane Alencar (IPAM) e a mediadora Mercedes Bustamante (UnB).

19h: O papel da Legislação e dos Agentes Públicos na conservação do Cerrado com Tatiany Barata (Senado Federal), Sarney Filho (Secretário de Estado do Meio Ambiente do Distrito Federal), Guilherme Eidt (ISPN), Rodrigo Agostinho (Câmara dos Deputados), Bruno Mello (Fund. Mais Cerrado) e o mediador Marcelo Elvira (WWF-Brasil).

Dia 11 de setembro:

15h: Solidariedade em tempos de Covid-19 e o Cerrado que alimenta com Chyslia Fernanda (IBC), Damião Moreira dos Santos (Associação Quilombo Kalunga), Ana Paula Boquadi (Buriti Zen Restaurante), Tainá Zaneti (Pitadas de Cerrado), Luciana Pinto (Chapada Solidária), Valéria Santos (CPT e Campanha Nacional em Defesa do Cerrado) e a mediadora Silvana Bastos (ISPN).

19h: Alternativas e soluções para o Cerrado com Isabel Figueiredo (ISPN), Alexandre Bonesso Sampaio (ICMBio), Luis Carrazza (Central do Cerrado), André Guimarães (IPAM), Yuri Salmona (IC), Altair Sales Barbosa (Instituto Altair Sales), Carolina Siqueira (WWF-Brasil) e a mediadora Camilla Thomaz (Instituto Cerrados).

Exposição Virtual

O Elos do Cerrado ainda é formado por uma exposição virtual homônima, permitindo que os visitantes vejam as belezas e os desafios para conservação da savana mais biodiversa do mundo.

Há a oportunidade de participar de lives orientadas da exposição, com convidados conversando sobre os vários “elos” que compõem o Cerrado. Sob o comando de Saulo Andrade, biólogo e mestre em Ecologia pela Universidade de Brasília, as lives acontecem todas às terças, quartas e sextas, às 11h, e aos sábados, às 11h e 17h. Sempre com duração de 1 hora.

A mostra virtual pode ser acessada a partir do site do Instituto Cerrados.

Elos do Cerrado

O Elos do Cerrado é um evento on-line promovido pelo Instituto Cerrados em parceria com a Embaixada da França, Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF), Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), Nature and Culture International (NCI), Instituto Sociedade População Natureza (ISPN), WWF-Brasil, Greenpeace Brasil, Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), Conservation Strategy Fund (CSF), Rede Cerrado, Fundação Mais Cerrado, Aliança Francesa de Brasília, Filhos da Nação/Onda SUP, Coletivo 105, Ilha Design, Free Pass Idiomas e Ápice Contabilidade.

Serviço

Elos do Cerrado

Rodas de Conversa
Até 11 de setembro. Sempre às 15h e às 19h, no canal do Instituto Cerrados (bit.ly/2EiYKG5)

Exposição Virtual Elos do Cerrado
Até 30 de dezembro, no site do Instituto Cerrados (cerrados.org)

Informações: Instagram do Instituto Cerrados (@institutocerrados) e no site cerrados.org/inscricoeselos.

Anterior Agenor Garcia e Paco Reinaldet no palco do CTJ Hall
Próximo Centropia participa de tributo a Renato Barros em festival