Com restrições, CCBB Brasília retoma visitas presenciais à exposição sobre o Egito Antigo

O novo horário de funcionamento da mostra é de terça-feira a domingo, das 10h às 18h; Visitas seguem os protocolos sanitários de enfrentamento à pandemia e é preciso fazer agendamento prévio pelo aplicativo Eventim ou www.eventim.com.br; Em 27/04, o público está convidado a participar de um encontro online sobre a exposição com o curador Pieter Tjabbes.

O Centro Cultural Banco do Brasil Brasília retomou as visitas presenciais à exposição Egito Antigo: do cotidiano à eternidade e prorrogou a permanência da mostra no espaço até agosto. O CCBB também adotou novas medidas restritivas em virtude da pandemia, reduzindo o horário de funcionamento, das 10h às 18h. A entrada continua gratuita e é necessário agendamento prévio pelo aplicativo Eventim ou www.eventim.com.br. Um novo lote de ingressos será liberado a partir de amanhã (23/04).

As visitas seguem uma série de protocolos sanitários adotados pelo CCBB Brasília frente à pandemia da Covid-19, como aferição da temperatura na entrada, obrigatoriedade do uso de máscara, cobrindo a boca e o nariz, e distanciamento de dois metros entre as pessoas durante todo percurso.

Egito Antigo: do cotidiano à eternidade está dividida em três seções: vida cotidiana, religião e eternidade, que ilustram o laborioso cotidiano das pessoas do vale do Nilo, revelam características do politeísmo egípcio e abordam suas práticas funerárias. Cada seção apresenta um tipo particular de artefato arqueológico, contextualizado por meio de coloração e iluminação projetadas para provocar efeitos perceptuais, simbólicos e evocativos. As cores escolhidas são: amarelo para a seção da vida cotidiana; verde para a religião; azul para as tradições funerárias – associadas a três intensidades da iluminação (brilhante, suave e baixa).

O acervo reúne 140 peças que têm em comum a relevância para o entendimento da cultura egípcia, que manteve parcialmente os mesmos modelos religiosos, políticos, artísticos e literários por três milênios. Aspectos da historiografia são apresentados de forma didática, por meio de esculturas, pinturas, amuletos, objetos cotidianos, um Livro dos Mortos em papiro, objetos litúrgicos e óstracons (fragmento de cerâmica ou pedra usados para escrever mensagens oficiais), além de sarcófagos, múmias de animais e uma múmia humana da 25ª dinastia.

Modelo de embarcação com barqueiros Asyut, tumba de Mentuhotep e Wepwawetemhat (Tumba 2b) I Período Intermediário (2160-2055 a.C.) Madeira, gesso, pintura, 32 x 84x 19 cm © Museo Egizio

Muitas das peças de Egito Antigo: do cotidiano à eternidade são resultantes de escavações do século 19 e início do século 20, e todas são oriundas do Museu Egípcio de Turim (Museo Egizio), da Itália. Fundado em 1824 por Carlo Felice di Savoia, rei da Sardenha, o museu italiano reúne a segunda maior coleção egiptológica do mundo (depois do Museu do Cairo), com cerca de 40.000 artefatos do Egito Antigo. Seu acervo é resultado da junção das peças da Casa Savoia (adquiridas desde o século 17) às da coleção que o monarca comprara das escavações de Bernardino Drovetti, cônsul da França no Egito (1820-1829) – e outra parte do acervo foi descoberta pela Missão Arqueológica Italiana (1900-1935), quando ainda era possível a divisão dos achados arqueológicos.

Sucesso de público e crítica Egito Antigo: do Cotidiano à Eternidade – que recebeu prêmio de melhor exposição internacional de 2020 pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) – também esteve em cartaz no CCBB Rio de Janeiro e CCBB São Paulo.

Encontro online

Em comemoração ao mês de aniversário de Brasília, celebrado na última quarta-feira (21/04), o CCBB Brasília presenteará o público com o encontro online Egito Antigo: do Cotidiano à Eternidade. O evento que abordará a vida, a religiosidade e o pós-morte na civilização que se concentrou ao longo do curso inferior do rio Nilo (norte da África), de 4000 a.C. a 30 a.C., está marcado para 27/04, às 11h. Os interessados podem participar clicando neste link: https://youtu.be/LGok7jND7iM e ativar o sino para receber a notificação da transmissão.

O curador da mostra, Pieter Tjabbes, apresentará os destaques da coleção, uma oportunidade de saber detalhes sobre o acervo e histórias dessa civilização que desperta tanta curiosidade.

Serviço

Egito Antigo: do cotidiano à eternidade
Centro Cultural Banco do Brasil Brasília
Endereço: Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 2, Lote 22 – Asa Sul, Brasília
De terça a domingo das 10h às 18h00
Entrada gratuita, mediante agendamento pelo app Eventim ou site www.eventim.com.br
Classificação indicativa livre
Informações: (61) 3108-7600
Encontro online Egito Antigo: do cotidiano à eternidade
27/04, às 11 horas
Acesso: https://youtu.be/LGok7jND7iM
Classificação livre
Gratuito

CLIQUE ABAIXO E ACESSE + CONTEÚDOS SOBRE 👇
  #MÚSICA   #TEATRO&DANÇA   #GASTRONOMIANODF   #RECEITAS  
#ARTESVISUAIS   #FILMES   #SÉRIES   #TVABERTA&ASSINADA
 #LITERATURA   #TURISMO   #EVENTOS

SIGA E CURTA AS NOSSAS REDES SOCIAIS
  FACEBOOK/DIVERSAOAQUITEM   INSTAGRAM/DIVERSAOAQUITEM
TWITTER/DIVERSAOAQUITEM

Anterior Le Parisien Bistrot com novidade de lanche da tarde
Próximo NOMADLAND chega nesta quinta aos cinemas do Brasil