Entre carros, motos e grupo de dançarinos, Dudu lança clipe da track “Giro” em parceria inédita com MC Guimê 

Faixa, que sai pela Som Livre, apresenta trap mais próximo da linguagem do funk e já está disponível em todas as plataformas de áudio.

O rapper Dudu apresenta sua nova faixa, “Giro”. A track, fruto de uma parceria inédita com MC Guimê, é o segundo single do artista capixaba neste ano pela Som Livre. Com produção de Tibery – parceiro de longa data de Dudu em diversos outros lançamentos musicais -, “Giro” chega com uma sonoridade diferente, trazendo um trap que se aproxima da linguagem do funk, e mais uma vez evidencia a versatilidade do jovem rapper – ouça aqui. Tendo materiais audiovisuais bem produzidos como uma das marcas registradas de sua carreira, Dudu protagoniza o clipe da faixa ao lado dos parceiros musicais – já disponível em seu canal no YouTube – assista aqui .

O clipe traz o rapper em uma atmosfera urbana street-style, cantando entre motos, carros e um grupo de dançarinos que fazem movimentos coreografados. Com um script que traz algumas surpresas, com as participações de Guimê e de Tibery sendo reveladas por trás de um vidro fumê e de uma máscara, respectivamente, o vídeo traz ainda elementos do universo do drift. Produzido pela Clã Filmes, outro ponto que chama a atenção são as transições e edições do audiovisual, com efeitos especiais que agregam uma pegada mais descontraída ao videoclipe.

“Foi uma satisfação imensa receber o convite para participar da track ‘Giro’. Assim que ouvi já senti a pressão e percebi que era um golaço, então com o maior prazer coloquei a caneta em ação e entreguei um verso a altura. Isso me fez sentir ainda mais feliz de estar participando desse projeto, porque música e clipe estão incríveis! Dudu é um cara talentosíssimo, sangue bom, diferenciado, tem uma energia muito boa e esse é só o início dessa parceria como artista e como amigo, pois acredito que a gente vá fazer outros sons ainda. ‘Giro’ tá foda e não tenho palavras para descrever como ficou o resultado desse trabalho. Só tenho a agradecer ao Dudu, a Som Livre, ao Tibery e a toda equipe. Tamo junto!”, diz Guimê animado.

Com trechos como “Primo eu tô de volta / só de volta com a cara lavada de quem carrega o corre nas costas / sem corre de droga, no corre das notas / empresário jovem e a vizinhança achando que eu sou agiota / quase isso, se dever nós cobra da maneira certa / só se cria cobra na selva de pedra / aqui a lei é uma: vacilou, caiu”, “Giro” é uma das faixas que antecedem o próximo projeto de Dudu, que promete ainda um álbum para este ano.

“Giro” – Dudu e MC Guimê (prod Tibery)

Lan̤amento Som Livre Р18 de junho/2021

Sobre Dudu

Natural de Vitória, no Espírito Santo, Dudu se criou nas batalhas de rima e com apenas 18 anos é considerado um dos maiores destaques da nova geração do trap nacional, sendo mais uma relevante aposta do time de música urbana da Som Livre. Apresentando versatilidade e tiradas inteligentes, seu desempenho notável nas batalhas fez com que Dudu aos 15 anos ganhasse destaque na cena rap e fosse convidado a participar do “Poesia Acústica #6 – Era Uma Vez” (2018). O vídeo da parceria musical ao lado dos artistas Filipe Ret, MC Cabelinho, MODE﹩TIA, Bob, Azzy e Xamã acumula mais de 416 milhões de views do YouTube.

Em 2020, Dudu assinou com a Som Livre e consolidou sua carreira. Ele lançou o EP ” Jordan Boyz Vol. 2 “, ao lado do também rapper Leozin, e seu primeiro álbum de trabalho, “Acídia”. O artista também apresentou no ano diversos singles com feats de peso, como ” Roleta Russa”, “Te Observando” (com Chris MC), “Baby Girl” (com Yunk Vino) e ” De Manhã” , que marcou simbolicamente a passagem do rapper para a fase adulta, na qual suas preocupações, trabalho e posicionamento apontam para novas direções. Em 2021, o primeiro trabalho do artista foi o single “Mesmo Que Não Queira Me Ouvir”, em parceria com o rapper Froid. Nas redes Dudu ostenta números expressivos, são mai de 50 milhões de visualizações em seu canal no YouTube e cerca de 1,4 milhão de ouvintes mensais no Spotify .

Sobre a Som Livre

A gravadora brasileira Som Livre foi fundada pela Globo em 1969 para o lançamento e divulgação de trilhas sonoras de programas de TV. Com todas as transformações no mercado musical, a Som Livre se tornou uma gravadora de vanguarda, refletindo o gosto musical do brasileiro. Com sua capacidade única de entender e antecipar preferências, aspirações e comportamentos dos brasileiros, a Som Livre é uma gravadora de música digital totalmente integrada com um modelo comprovado para identificar, desenvolver e promover a música e os artistas que os fãs continuarão a abraçar nas próximas décadas. A Som Livre tem forte atuação em eventos ao vivo, sendo produtora de festivais no país por meio de diversas marcas, como Festeja e Samba D+. Ela também tem sua plataforma de distribuição de música, a Fluve, e operações adicionais em sua editora musical.

💬
ACESSE E DIVULGUE NOSSA PÁGINA DE FINANCIAMENTO COLETIVO DA REVISTA E SITE AQUI TEM DIVERSÃO 👇
BOTÃO DE APOIO 👇

Anterior Tapioca com queijo de coalho e patê de atum + 2 receitas
Próximo Amor Natural 🏳️‍🌈 Série LGBTQIA+, preta e periférica