A trajetória de Dona Gracinha da Sanfona é o tema de seu primeiro álbum duplo contendo DVD e CD nominado “Dona Gracinha da Sanfona – Vida e Obra”, que será lançado durante uma emocionante apresentação, no dia 28 de julho, pela primeira vez no Clube do Choro .

A sanfoneira subirá ao palco com Flávio Leão (zabumba), Tiago Viera (triângulo), Gabriel Lourenço (voz e violão), Fernando Meira (cavaquinho), Laudemar Dourado (trombone), Bil do Trompete, Edu Bradizzi (saxofones), Claudeilton Silva (bateria) e René da Silva (baixo elétrico).

O show ainda terá participações especiais da banda Baião de 2 e da APAE. O maestro Fabiano Medeiros é quem assina a direção musical do álbum. “Para mim foi uma honra dirigir Dona Gracinha, uma vez que ela é uma representação viva e pulsante da cultura popular no DF. Tentamos preservar a estética do trabalho dela, que é extremamente vinculada à cultura nordestina. Um DVD e CD, portanto, de ordem autoral, que torna ainda mais admirável seu trabalho”, conta Medeiros.

Para Dona Gracinha, a expectativa do lançamento é de que o público goste e divirta-se. “Ainda não vi o DVD pronto, estou ansiosa e feliz porque sei que ficou lindo, me emocionei muito e espero que todos gostem”, disse. No repertório, além de músicas autorais e de outros compositores como Faço Bem a Ela, de Gabriel Lourenço, Assum Preto, de Humberto Teixeira e Luiz Gonzaga, Bonita Maria, de Kaká Taciano e Claudia Daibert, e Na Pisada da Sanfona, do maestro Fabiano Medeiros, composição escrita para a sanfoneira. “Fiz uma homenagem à Gracinha por ser uma mulher resistente que, mesmo com a dificuldade visual e a deficiência de mobilidade, não deixou de levar a magia musical ao público”, explica o maestro.

O álbum “Dona Gracinha da Sanfona – Vida e Obra” é um projeto patrocinado pelo Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal – FAC/DF, com realização do Beco da Coruja e produção da Maria Maria Produções.​

Sobre o DVD

A gravação do DVD foi feita em junho deste ano, durante show no teatro SESC Newton Rossi (Ceilândia), onde foram feitos alguns ensaios com as participações de convidados como Sivuquinha, mestre Zé do Pife e Baião de 2 – grupo musical da APAE, que desenvolve um trabalho com pessoas com síndrome de down.

Na ocasião, foram construídos os arranjos e as adaptações vinculadas à cultura nordestina. A formação de metais, baixo, guitarra e bateria também preservou o pé-de-serra, respeitando o trabalho de Gracinha. Tudo para deixar o registro histórico completo da trajetória da musicista, desde o Piauí até o Distrito Federal.

Ficha Técnica

Direção Musical: Maestro Fabiano Medeiros e Flávio Leão
Dona Gracinha da Sanfona – Sanfona
René da Silva – Baixo elétrico (músico da Orquestra Marafreboi)
Claudeilton Silva – Bateria (músico da Orquestra Marafreboi)
Laudemar Dourado – Trombrone (músico da Orquestra Marafreboi)
Bil do Trompete – Trompete (músico da Orquestra Marafreboi)
Edu Brandizzi – Saxofones (músico da Orquestra Marafreboi)
Flávio Leão / Chico Rosa/ Tiago Vieira – Percussão
Gabriel Lourenço – Violão
Fernando Meira – Cavaquinho

Sobre Dona Gracinha

Aos 75 anos de idade, a vida de Dona Gracinha é uma lição. Apaixonada pela música e pela cultura nordestina, continua tocando com muita propriedade sua sanfona de botão, também conhecida como “pé de bode”, uma espécie quase em desuso nos dias atuais, instrumento imortalizado por Januário, pai de Luiz Gonzaga, rei do Baião.

A sanfoneira, que nasceu Maria Vieira da Silva, na cidade de Floriano (PI), começou a tocar gaita de boca aos sete anos de idade, por um tio. Depois aprendeu a tocar pandeiro, mas logo se interessou pela sanfona. Com dezoito anos de idade, já tocava em bailes e festas em sua cidade natal.

Na década de setenta, veio para Brasília, e desde então marca presença no cenário cultural da cidade. Seu repertório é eclético e contempla desde o tradicional “pé-de-serra” ao forró mais moderno. Além do xote, baião, coco, xaxado e frevo, Dona Gracinha da Sanfona também toca choro, seresta, marchinhas de carnaval, música caipira, tango e bolero. Sem contar com as suas próprias composições que transitam por vários desses estilos.

Serviço

Show de lançamento do álbum duplo contendo DVD e CD “Dona Gracinha da Sanfona – Vida e Obra”
Sábado, 28 de julho de 2018
Horário: 21 horas
Entrada: 30,00 inteira / 15,00 meia.
Local: Clube do Choro de Brasília
Classificação Indicativa: Livre

Anterior Salão de Humor da Cidadania com inscrições até o dia 15
Próximo Mágico Mundo é a nova atração para a criançada no Alameda