Pelo projeto Debandando Nas Feiras, César Lignelli toca 23 instrumentos em espetáculo que fala de um possível triângulo amoroso. Entrada gratuita e livre para todos os públicos.

Debanda é um ser que interpreta diversos personagens ao lado de sua filha, a Debandinha (Estela Vieira Lignelli). Quem dá vida a esse ser é César Lignelli. Ator e músico, o artista chega com uma verdadeira parafernália cultural para encantar o público com um espetáculo que fala de um possível triângulo amoroso. A parafernália é uma máquina musical formada por 23 instrumentos.

Após passar pela Feira Modelo de Sobradinho, pela Feira do Guará, pelo Cruzeiro, pelo Núcleo Bandeirante, pela Feira Permanente de Taguatinga e pela Torre de TV (Eixo Monumental), César se apresentará na Feira Permanente de Samambaia Norte (QD 202) neste domingo, 21 de julho, às 11h. Esta é a sétima e penúltima apresentação do projeto Debandando Nas Feiras.

“Debanda parece uma espécie de andarilho acumulador que, por ora, concentra características turvas em meio à sua translucidez. Acumula memórias. Não se sabe exatamente de onde vem e nem a que tempo pertence”, explica Lignelli.

As intervenções do artista começaram há quatro anos com a criação da máquina instrumental. O desenvolvimento da mesma e do espetáculo contaram com as parcerias estabelecidas com o compositor português João Lucas, Sulian Vieira, Gil Roberto, Cyntia Carla, dentre outros. “Afinal, a produção apresenta desafios imensuráveis no diálogo entre as possibilidades corporais do ator, a manipulação dos inúmeros instrumentos, o cantar e o contar uma história com distintos personagens. Sem essas parcerias não seria possível realizar o projeto”, coloca, feliz.

O projeto Debandando Nas Feiras tem o patrocínio do BRB – Banco de Brasília e é uma realização da Criativa Empreendedorismo.

Debandando pelas Feiras

O Debandando nas Feiras é uma performance teatral que fala de amor, música, conquista e perda com um toque de drama, mas sem perder o humor. Na performance, os personagens interpretados por César e por Estela Vieira Lignelli, que intervém na trama, interagem com a plateia por meio de diálogos e da contação de histórias, que é toda cantada e tocada a partir da presença de um narrador, o chamado Debanda, e sua filha Debandinha. Além deles, as personagens nomeadas de Demais, Demenos e Ella também ganham vida. As variações entre as personas se dão pelo timbre das vozes, pela movimentação e pelos instrumentos utilizados para enriquecer a cena.

E no desenrolar da trama, o público apreciará cerca de 10 músicas compostas por Lignelli e pelo compositor João Lucas.

Sobre o espetáculo

O espetáculo é fruto de um projeto de pesquisa desenvolvido na Universidade de Brasília coordenado por Lignelli. Trata-se de desdobramentos estéticos-pedagógicos, envolvendo desde o desenvolvimento da máquina e a prática intensa com vários instrumentos musicais a fim de conseguir tocá-los e ainda cantar, dançar, interpretar e, por fim, viajar em um trailer olhando no olho de quem encontra, envolto em saberes musicais, teatrais, circenses e de dança transformados e reinventados no percurso de vida do ator-músico.

Um destes percursos levou a performance Debanda a uma viagem de 55 dias no próprio motorhome do artista pelo Brasil (estados de GO e MS), Paraguai, Argentina, Uruguai, Chile e Peru. Por estes locais, foram realizadas 33 intervenções performáticas em praças, parques, escolas, ruas públicas, oficinas e igrejas durante o ano de 2018.

O motorhome, além de transportar os integrantes e o espetáculo, também funciona como delimitador do espaço da cena, elemento cenográfico e urdimento em que são fixados os refletores em apresentações noturnas.

Confira agenda de apresentações do Debandando nas Feiras

Feira de Samambaia – 21 de julho;
Feira de São Sebastião – 28 de julho

Ficha Técnica

Direção Coletiva: César Lignelli, João Lucas, Sulian Vieira e Gil Roberto
Dramaturgia, Composição e Direção Musical: João Lucas & César Lignelli
Atuação: César Lignelli e Estela Vieira Lignelli
Concepção e Construção da Maquina Musical: César Lignelli

Concepção e Construção de Arcordilhão: Márcio Vieira Concepção e Construção do Estandarte Animado: César Lignelli e Sulian Vieira Bordado do estandarte: Coordenação de Alice Fátima Martins – Oficina dos Fios (FAV/UFG) Bordadores: Amanda Silva de Arantes, Ana Beatriz de Saboia, Ana Clara Ribeiro Prado, Bárbara Stela Oliveira, Gabriel Ângelo Guimarães Alves, Gabriela Chaves de Oliveira, Lara Heloísa Gomes Pires, Maria Bethânia Oliveira, Michel Moreira de Freitas, Sarah Adorno Blanco Vencio, Stael Noronha de Oliveira Leite, Terezinha Pinto Ribeiro e Vasti Pereira Dutra.

Preparação vocal e maquiagem: Sulian Vieira
Figurinos: Cyntia Carla
Costureira: Neide Oliveira Produção: Mirella Dias Serralheiro: Clemilton Rodrigues dos Santos
Gestão de Projeto e Realização: Criativa Empreendedorismo
Patrocínio: Banco de Brasília – BRB
Assessoria de imprensa: Baú Comunicação Integrada

Serviço

Debandando Nas Feiras
Data: 21 de julho, domingo
Local: Feira Permanente de Samambaia Norte (QD 202)
Horário: 11h
Entrada gratuita
Livre para todos os públicos
Informações: https://www.facebook.comespetaculodebanda/

Anterior Caixeta Galeria expõe obras no Boulevard Shopping
Próximo Uma mudança de paradigma sobre liberdade