“Nordeste Candango”: Projeto promove a cultura candanga e nordestina em feiras livres do Distrito Federal

Com o intuito de resgatar os verdadeiros ritmos da cultura popular nordestina, as regiões administrativas do DF São Sebastião, Recanto das Emas e Santa Maria, estão recebendo pela primeira vez, o “Nordeste na Vitrola”. No dia 28, será a vez Santa Maria receberem as apresentações no encerramento do projeto. A entrada é franca.

Quem estiver passando pelas feiras da região terá a oportunidade de acompanhar a declamação de poesias e ainda shows com a poetisa Lilia Diniz, o grupo Mamulengo Fuzuê, os repentistas Chico de Assis e João Santana e o pessoal da banda Paraibola.

Lília Diniz

Poeta e atriz brasileira, formada em Artes Cênicas, pela Universidade de Brasília (UnB) e pós-graduada em Gestão Cultural. É a autora de Babaçu, Cedro e outras poéticas em Tramas, Miolo de pote da cacimba de beber, Sertanejares, Ao que Vai Chegar, Mula sem Cabeça e Mundo de Mundim. Membro da Academia Imperatrizense de Letras e da Academia de Letras do Brasil Seccional – DF. Leia mais da/sobre a artista em: http://liliadiniz.blogspot.com.br/

Mamulengo Fuzuê

É brincadeira aprendida com as tradições, é palhaço na rua, é boneco na tolda, é teatro popular que celebra a arte para despertar a transformação. O parto do grupo aconteceu no Ponto de Cultura Invenção Brasileira, em Taguatinga (DF). Era ano de 2007, quando o brincante Thiago Francisco criou o Fuzuê ao ser iniciado pelos bonequeiros Chico Simões (Mamulengo Presepada) e Walter Cedro (Mamulengo Sem Fronteiras).

Chico de Assis e João Santana

A dupla de repentistas, com 16 anos de atuação coleciona 2 CDs, “Repente na Capital” e “Cantando as Coisas da Vida”, une a poesia do repente, os ritmos do coco, xote e xaxado, os acordes do forró e a dolência da canção em uma abordagem eclética de temas;

Representou o Repente brasileiro no “XX Festival de Romerías de Mayo” em Holguín, Cuba (2013), onde realizou diversas apresentações e palestras;

Recebeu o prêmio de melhor dupla na modalidade Desafio na 2ª Edição do Festival Nacional de Viola – Voa Viola, em 2012, entre violeiros de vários estilos e regiões do País, ocasião em que também foi classificada em 3º Lugar geral por júri popular, entre outros.

Paraibola

O forró do grupo é mais antigo que Aborto Elétrico, apesar de ter gravado o primeiro disco apenas em 1998.

A proposta do grupo é mostrar a música nordestina para o brasiliense, o xote, o baião, o xaxado, o maxixe, o maracatu e o xerém e ao mesmo tempo criar um repertório que batizaram de Forró Candango: o ritmo nordestino falando de Brasília.

Serviço

28/04 – Feira permanente de Santa Maria
10h, Poesia Matuta com Lilia Diniz
10h40, Repentistas Chico de Assis e João Santana
11h10, Forró Paraibola – Encerramento

Entrada franca
Livre para todos os públicos

Chico de Assis e João Santana

Forró Paraibola

Poesia com Lilia Diniz

Anterior Celebre o dia Dia do Café com uma receita de Torta Mousse
Próximo Espetáculo infantil bilíngue traz a história de Snoopy