O Colégio Objetivo de Brasília iniciou a campanha “Adote uma caneca”, e a partir de março, a instituição elimina os copos descartáveis de suas unidades. Diariamente, brasileiros usam cerca de 720 milhões de unidades do plástico

Os hábitos sustentáveis, e a preocupação com o meio ambiente chegaram às instituições públicas e privadas de ensino. Diante da necessidade de se adequar, colégios têm criado campanhas para conscientizar a população e a comunidade escolar sobre a importância dos cuidados ambientais. O Colégio Objetivo de Brasília é uma delas. Em busca de um ambiente escolar mais comprometido com o futuro, a instituição resolveu incentivar os alunos a se preocuparem com o meio ambiente e propôs, a partir deste mês, a campanha “Adote uma Caneca”.

A ideia é que a partir de março cada estudante leve sua caneca de casa. Copos plásticos e canudos nas unidades do Objetivo passam a ser proibidos. A substituição já está em vigor nas sete unidades da rede de ensino, em todo o DF.

A proibição do uso do material é uma das iniciativas sustentáveis da escola, que incentiva a substituição de materiais danosos ao meio ambiente, que além de demorarem em degradar-se, poluem a cidade e podem ameaçar a fauna e a flora. Pesquisa deste mês da ONG WWF aponta o Brasil em quarto lugar na produção mundial de lixo plástico, o número é preocupante, são cerca de 11,4 milhões de toneladas por ano.

Em fevereiro deste ano, o governo do Distrito Federal sancionou a Lei 6.266/2019, que proíbe canudos e copos de plástico em estabelecimentos comerciais da capital. O material deverá ser substituído por descartáveis feitos a partir de material biodegradável ou feitos de vidro ou inox.

A multa para quem não seguir as novas regras varia entre R$ 1 mil e R$ 5 mil. De modo geral, as mudanças valem para centros comerciais e gastronômicos, mas a tendência é que empresas de outros setores adotem a iniciativa.

Educação cidadã e sustentável

O Colégio Objetivo já possui outras ações sustentáveis junto aos estudantes, como a separação do lixo orgânico, a reutilização de papeis e a entrega do material escolar em sacolas ecológicas. Segundo Ricardo Basílio, diretor da unidade da Asa Norte, essas ações são importantes para que o aluno cuide do meio em que vive já pensando no futuro do planeta.

“Professores, alunos e demais colaboradores estão engajados na proposta da escola por acreditarem que a sustentabilidade é um dos valores mais precisos da sociedade, e todos entendem a emergência de ações de proteção ao meio ambiente”, afirma.

Dados alarmantes

De acordo com a Associação Brasileira de Limpeza Pública e Resíduos (Abrelpe), o Brasil utiliza cerca de 720 milhões de copos descartáveis por dia, o equivalente a mais de mil toneladas. Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) indicam que pelo menos 13 milhões de toneladas de plástico invadem os oceanos anualmente. Segundo a ONU, a população mundial utiliza por ano de 500 bilhões a 1 trilhão de sacolas plásticas.

Copos descartáveis
Copos descartáveis | Foto: Divulgação
Anterior Esdras Nogueira celebra Caetano Veloso com lyric
Próximo Circuito de realidade virtual chega ao ParkShopping