A CAIXA Cultural apresenta, de 27 de agosto a 1º de setembro, mostra de cinema com produções que retratam a Índia rural e a Índia globalizada. Na tela, filmes que oferecem um panorama atual do cinema indiano, com um “olhar” tanto para o âmago da Índia como para o país que se comunica com bilhões de indivíduos do planeta. A mostra, com entrada gratuita, poderá ser vista em 14 sessões. Todos os títulos são voltados para a família, sem restrição de idade.

Sob a curadoria da diretora e produtora Carina Bini, NOVO CINEMA INDIANO vai exibir 10 filmes, a grande maioria premiada pelo “National Award”, importante premiação do cinema indiano, e por demais importantes festivais e prêmios do cinema do país. São títulos como o Nagarkirtan, que retrata a intolerância de gêneros na Índia contemporânea e que será exibido na noite de abertura. O filme, dirigido por Kaushik Ganguli, mais importante diretor do estado de Bengala, conquistou os prêmios de Melhor Direção, Melhor Fotografia e Melhor Roteiro do National Film Awards.

A MOSTRA

NOVO CINEMA INDIANO presta uma homenagem ao cinema de dois estados indianos: Kerala e Bengala. O primeiro desenvolve um cinema que é conhecido pelo nome de Malayalam (malayalam é o nome da língua do estado de Kerala). Kerala, localizado no sul da Índia, é conhecido como a “terra do coco”, a região mais tropical do país, com muitas semelhanças geográficas e climáticas com o Brasil. O estado tem um cinema forte e é hoje um dos mercados mais potentes do país. A temática dos filmes envolve questões culturais locais dentro da dinâmica da cultura indiana.

PROGRAMAÇÃO

27 DE AGOSTO (TERÇA-FEIRA)

19h30 – Abertura show musical “Ragas Brasileiras”, 45 min
20h30 – Nagarkirtan (2018), de Kaushik Ganguly, 115 min, LIVRE

28 DE AGOSTO (QUARTA-FEIRA)

15h30 – Kaaka Muttai (O Ovo do Corvo – 2014), de M. Manikandan, 109 min, LIVRE
19h30 – Masaan (2015), de Neeraj Ghaywan, 109 min, LIVRE

29 DE AGOSTO (QUINTA-FEIRA)

15h30 – Kaaka Muttai (O Ovo do Corvo – 2014), de M. Manikandan, 109 min, LIVRE
17h – Cinemawala (O Projecionista – 2015), de Kaushik Ganguly, 105 min, LIVRE
19h30 – Ee Ma Yove (2018), de Lijo Jose Pellissery, 120 min, LIVRE

30 DE AGOSTO (SEXTA-FEIRA)

15h30 – Ottaal (Armadilha – 2015), de Jayaraj, 81 min, LIVRE
17h – Booty and the Witness (Testemunha – 2018), de Dileesh Pothan, 135 min, LIVRE
19h30 – Pimpal (2017), de Gajendra Ahire, 92 min, LIVRE

31 DE AGOSTO (SÁBADO)

15h – Masaan (2015), de Neeraj Ghaywan, 109 min, LIVRE
17h – Nagarkirtan (2018), de Kaushik Ganguly, 115 min, LIVRE
19h30 – Bhayanakam (Medo – 2017), de Jayaraj, 123 min, LIVRE

01 DE SETEMBRO (DOMINGO)

15h – Pimpal (2017), de Gajendra Ahire, 92 min, LIVRE
17h – Ee Ma Yove (2018), de Lijo Jose Pellissery, 120 min, LIVRE
19h – Apresentação de “Dança Indiana”
19h40 – Oru Pennum Randaanum (Clima para o Crime – 2008), de Adoor Gopalakrishnan, 115 min, LIVRE

Serviço

Local: CAIXA Cultural Brasília – Teatro da CAIXA (SBS Quadra 4 Lotes 3/4)
Data: 27 de agosto a 1º de setembro
Horário: ver programação
Ingressos: Entrada franca, limitada à lotação do teatro.
Bilheteria: de terça a sexta e domingo, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 21h. Contato: (61) 3206-6456
Classificação: LIVRE
Capacidade: 406 lugares (8 para cadeirantes)
Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal

Anterior Vila Galé Café aposta em Sunset Party, dia 14 de setembro
Próximo Eduardo de Paula leva canções inspiradas na Tropicália