Cia Néia e Nando revela ao público infantil os detalhes do primeiro dia de aula da filha de Frankstein

Inspiradas em personagens lendários e de filmes de terror, e adoradas pela criançada, as bonequinhas monstrinhos chegam ao Teatro Brasília Shopping para uma temporada que aborda o bullying. A adaptação da Cia Neia e Nando revela ao público infantil detalhes do primeiro dia de aula da filha de Frankstein na Escola de Monstrinhas. O espetáculo fica em cartaz 2 e 3 e também 10 e 11 de novembro, sexta, sábados e domingo, às 16h.

Entre os colegas de escola da garota, estão os filhos de Conde Drácula, do Lobisomem, da Múmia e da Medusa. “A trama aborda o convívio acadêmico, fala sobre os medos e inseguranças dessa turminha. São situações muito parecidas com as vividas por nossas crianças e adolescentes no dia a dia”, detalha o diretor Nando Villardo. Nando acrescenta que, apesar do aspecto físico incomum, os monstros têm poderes especiais, que encantam a meninada. “O pano de fundo é o bullying, que ainda precisa ser muito discutido na sociedade. A Cia Néia e Nando, que há anos trabalha com educação pela arte, não poderia deixar de falar sobre o tema”, observa.

Cia Néia e Nando

A renomada companhia de teatro infantil da capital se apresenta nos palcos do Brasília Shopping com garantia de sucesso e divertidos espetáculos. Com mais de 17 anos de atuação, a trupe forma um dos mais prestigiados grupos teatrais da cidade.

Programe-se

Escola de Monstrinhas
Companhia: Néia e Nando Cia. Teatral
Local: Teatro Brasília Shopping
Data: 2 e 3 e também 10 e 11 de novembro, sexta, sábados e domingo, às 16h.
Ingressos: R$40 (Inteira) R$20 (Meia), R$ 15 (Clubinho) e Cortesia para clientes Mais Brasília Kids (Sujeito a lotação)
Censura: livre
Mais informações para o público: (61) 2109-2122 e www.brasiliashopping.com.br

''Escola de Monstrinhas'' da Cia Néia e Nando
”Escola de Monstrinhas” da Cia Néia e Nando | Foto: Divulgação
Anterior Cia. EmQuadrados com espetáculo no Teatro Brasília Shopping
Próximo Espetáculo ''Uma relação pornográfica'' no CCBB Brasília