Cassy teve o nome americanizado pelos pais, soando Kessy e não Cassy, como deveria. Nasceu no sertão em uma cidade pequena, mas nada como os sulistas costumam imaginar que seja o sertão. Tinha uma casa confortável, apesar de humilde, amigos nas ruas e a vida de um pobre, mas sobrevivente, brasileiro.

Cassy almejava mais para a própria vida e viu na educação sua salvação. Foi em busca do sonho: ser Doutor, especializado em história brasileira. Um pé na frente do outro, Cassy conquistou tudo que sempre quis, apesar de brilhar menos do que imaginava.

A carreira acadêmica lhe tirou o tempo para amar, mas mesmo assim ele vivia. Em Fortaleza, onde passou boa parte da vida adulta, aproveitava a comunidade LGBTQIAP+ forte. Fez amigos, conheceu paixões, se divertiu e até pensou em adotar um gato.

Mas o Rei apareceu. Depois da pandemia que levou seus pais, houve o maior golpe já visto pelo Brasil. O Rei tomou o poder, sentou no trono e proibiu Cassy e seus amigos de usar rosa e de ser qualquer coisa que não fosse o “homem de bem”. Após ver um de seus amigos sendo morto por não seguir as regras, Cassy fugiu para a cidadezinha de onde nasceu.

Sem seus pais, mortos pela doença, escolheu se esconder até que tudo se resolvesse sozinho, ou criasse coragem.

Saiba mais sobre “Cassy, o Bicha” no site oficial de “A Revolução dos Unicórnio” ou confira mais detalhes na Amazon.

Sobre o autor Lucas de Lucca

O curitibano Lucas de Lucca é escritor de ficção, principalmente fantasia, e já soma mais de 7 mil leitores em obras físicas e e-books. Sua principal publicação foi a Trilogia das Plumas que conta com o volume um intitulado de “O Corvo Negro” e sua continuação “A Fênix Rubra”.

Mais informações:

https://www.editoraflyve.com/a-revolucao-dos-unicornios
Livro na Amazon: https://amzn.to/3AixnU3
Instagram do autor: https://www.instagram.com/lucas2vezes/

💬
ACESSE E DIVULGUE NOSSA PÁGINA DE APOIO DA REVISTA E SITE
AQUI TEM DIVERSÃO 👇

💬OU APOIE COM QUALQUER VALOR!

Anterior Teatro Alfa abre temporada com programação online e gratuita
Próximo Amor, Sublime Amor, de Steven Spielberg estreia em dezembro