Cantora portuguesa Carminho lança “Maria” no Centro de Convenções Ulysses Guimarães

Carminho é uma das artistas portuguesas com maior projeção internacional. Ela desembarca em Brasília em 28 de novembro com o seu mais recente trabalho: “Maria”. A cantora nasceu no meio das guitarras e das vozes do fado, filha da conceituada fadista Teresa Siqueira, e fez sua estreia em público aos 12 anos, no Coliseu de Lisboa.

O fado sempre esteve tão presente em sua vida, que Carminho nunca pensou que cantar viesse a ser a sua profissão. Durante a faculdade cantava em casas de fado e foram várias as propostas para gravar, mas decidiu esperar. Formou-se em Marketing e Publicidade e percebeu que cantar exigia uma maturidade que ainda não tinha.

Depois do aplaudido álbum “Carminho Canta Jobim”, dedicado ao cancioneiro do nosso maestro Tom Jobim, com o qual veio ao Brasil para apresentar-se ao lado da Banda Nova, liderada por Paulo Jobim, a cantora portuguesa lança agora um projeto de novas canções.

“Maria” é o título que Carminho escolheu para o quinto álbum de sua carreira e o mais pessoal até aqui. Além de assinar a produção, Carminho inclui várias canções de sua autoria. Um diálogo constante, sempre sintonizado no respeito por tudo aquilo que Carminho aprendeu, respeitando a verdade das palavras e da linguagem tradicional mas, ao mesmo tempo, com um olhar livre e contemporâneo sobre o mundo que a inspira, reinterpretando muito do que aprendeu com o fado desde pequena.

“A Tecedeira” tema de abertura do álbum, “Estrela”, “A Mulher Vento” e “Poeta”, foram compostas, letra e música, por Carminho. A fadista assina ainda as letras de “Se Vieres”, que canta na melodia tradicional do Fado Santa Luzia, de Armando Machado, e “Desengano”, que gravou no Fado Latino, de Jaime Santos.

Outros compositores do álbum são Joana Espadinha, que assina letra e música de “O Menino e a Cidade” e “As Rosas”, e Pedro Homem de Mello, de quem canta “O Começo”, no Fado Bizarro, de Acácio Gomes. Carminho resgatou ainda um tema do repertório de António Calvário, “Pop Fado”, de César Oliveira e Fernando Carvalho, e “Sete Saias”, com letra e música de Artur Ribeiro. Carminho também toca guitarra em “Estrela”.

Carminho iniciou a carreira fonográfica em 2009 com “Fado”, apesar de já cantar antes disso, na casa de fados da mãe, a fadista Teresa Siqueira, e em alguns espetáculos no Casino Estoril e no Baixo Alentejo.

Ao longo da sua carreira, a fadista tem gravado com artistas como Chico Buarque, Milton Nascimento, Marisa Monte, Ney Matogrosso e Nana Caymmi, Maria Bethânia, além do espanhol Pablo Alborán.

Faixas do álbum:

A tecedeira
O começo (Fado bizarro)
Desengano (Fado latino)
O menino e a cidade
Estrela
Pop Fado
A menina vento
Poeta
Se vieres (Fado St Luzia)
Quero um cavalo de várias cores
Sete saias
As rosas

Serviço

Carminho – Maria
Data: 28 de novembro (quinta)
Horário: 21h
Local: Centro de Convenções Ulysses
Acesso ao local: a partir das 19hs
Duração: 1h30 de show.
Classificação indicativa: 14 anos

Ingressos

Poltrona especial – R$ 120,00 (meia)
Poltrona Vip – R$ 180,00 (meia)
50% sobre ingresso inteiro – Assinantes do Correio Braziliense, na compra de até 4 ingressos (Clube do Assinante) somente para compras no Brasília Shopping.
Solidário: Doadores de 1kg de alimento não perecível
Meia: Estudantes, idosos, professores, deficientes físicos

Lojas da Bilheteria Digital: Brasília Shopping – G2
Sem taxa de serviço , mas sujeito a taxa no parcelamento em 1x 2x e 3x vezes no cartão de crédito.
Sujeito a taxa de serviço e no parcelamento em 1x 2x e 3x vezes no cartão de crédito.

Conjunto Nacional – Praça de alimentação
Pátio Brasil- G1
Pontos de venda físico: Lojas do Açai Artesanal

Anterior Ticiana Werner lança projeto de valorização ao vinho brasileiro
Próximo Taís Araújo e Adriana Esteves SHIPPAM receitas para Italac