Caraivana e Trio Dona Zefa


Caraivana e Trio Dona Zefa fazem show no Arena, os músicos prepararam apresentação com novas composições e antigos sucessos, já conhecidos do público brasiliense

O grupo Caraivana e o Trio Dona Zefa se apresentam na cidade dia 24 de março (véspera de feriado), no Arena do Forró, no Arena Futebol Clube. O encontro dos dois grupos acontece na Capital, uma vez por ano desde 2010. Os artistas prometem uma noite de muito samba, choro, forró, xote e baião.

Formado no litoral sul da Bahia, o sexteto Caraivana reúne o virtuosismo e o vigor da música genuinamente brasileira. Os artistas, donos de trajetórias particulares e de diversas regiões do país, trazem repertório que transita com facilidade entre a sofisticação do choro, a simplicidade e o calor do samba de raiz, xotes e baiões.

Desde o lançamento de seu primeiro CD com clássicos da nossa música em 2009, a banda vem defendendo e divulgando a música brasileira de qualidade por todos os cantos do país e ao redor do mundo. Foi convidado pelo Comitê Olímpico Brasileiro para representar a cultura brasileira na Dinamarca, na ocasião da escolha do Rio de Janeiro como sede das olimpíadas de 2016.

O segundo disco intitulado Ser Feliz é o resultado de anos de convívio entre amigos e muito trabalho. Totalmente autoral, é um convite ao público a desfrutar desse variado cardápio musical brasileiro.

O Trio Dona Zefa foi criado com uma consciência do forró puro e original, passando adiante o que foi aprendido em família, mantendo a tradição do forró de Luiz Gonzaga da década de 40. Depois de 14 anos, o resultado são três discos e um DVD gravados e vários shows animando os bailes no Brasil e com duas turnês pela Europa, Palestina e Israel. no Oriente Médio.

Chegou a vez de Brasília conhecer o quarto disco da banda, Beleza de Baile, uma viagem à década de 40. Gravado em um estúdio com sonoridade rústica, levou os mesmos instrumentos da música regional brasileira como acompanhantes: Violão 7 cordas, cavaquinho, pandeiro, agogô, ganzá e guiro.

A escolha do repertório vai além de músicas autorais e foram feitos resgates, nas músicas de Luiz Gonzaga, Anastácia e Dominguinhos, Messias Holanda e Jackson do Pandeiro. O novo se mistura aos clássicos que fizeram sucesso
No passado, mas que se perderam pela evolução fonográfica.

O mergulho ao passado foi tão profundo que alguns marcos históricos se fizeram presentes. Exemplo disso é o lançamento do disco em vinil, um presente para os amantes da velha e boa vitrola, que poderão apreciar o forró do Trio de forma nostálgica, porém, com traços da atualidade.
Trio Dona Zefa

O Trio Dona Zefa conseguiu o que parecia impossível, ser um trio de forró, com os mesmos instrumentos de todos os trios tradicionais, mas ainda assim ser diferente. Dizem que é a levada da zabumba de Murilo Ramalho, que toca num ritmo próprio, na cadencia dos corações dos apaixonados pelo forró. Outros dizem que é o carisma, as brincadeiras e a voz sempre bem colocada do seu vocalista Danilo Ramalho, outros ainda acham que é tudo isso harmonizado por uma sanfona na medida certa com lindas frases e solos inspirados de Tom Silva.

Seja como for, pelo motivo que for tudo isso cativa inúmeros amantes do forró por onde quer que passa desfilando seus forrós, xotes, baiões, arrasta-pés e xaxados.

Caraivana é:

Douglas Lora- Violão de sete cordas
Douglas é um violonista raro. Tem a técnica apurada e a destreza de um violonista clássico e parece ter o dom de acompanhar uma boa canção. Se adequa ao ambiente de forma mágica, mostrando seu talento brilhantemente do Carnegie Hall à beira do Rio Caraíva. Já se apresentou ao lado de grandes nomes da música mundial como Yo Yo Ma, Paquito D’Rivera e Duo Assad.

Fabio Luna- Flauta, cavaco e voz
Ao mesmo tempo que é virtuoso na flauta transversa, canta Cartola ou Chico Buarque acompanhado de seu cavaquinho com tamanha emoção. Participou da banda de Sivuca por 9 anos, acompanhou diversos artistas de Leny Andrade a Zélia Duncan, e além de ser compositor de mão cheia participa do grupo vocal mais tradicional do Brasil: Os Cariocas, cantando e tocando flauta e bateria, levando nossa bossa nova e mpb pros 4 cantos do mundo.

Alex Souza- Voz e Violão de 6 cordas
Além de ter uma linda voz, ele é ator, formado na Universidade de Brasília. É diretor musical de diversos musicais e já recebeu diversos prêmios, dentre eles; melhor trilha sonora, melhor interprete e melhor composição. Em 2015 viajou pelo Brasil com o seu disco solo “Capricha na pimenta”, passando por Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Bahia, com sucesso de público e crítica.

Alexandre Lora- Pandeiro
Alexandre transita facilmente entre os diferentes estilos da música popular brasileira, atuando como baterista e percussionista. Lora graduou-se em bateria na FAAM (Faculdade de Artes Alcântara Machado) no ano de 2002, estudou percussão erudita durante 3 anos na EMM (Escola Municipal de Música de São Paulo) e obteve Pós-graduação em Musicologia e Educação Musical na Universidad Autónoma de Barcelona em 2009. Desde 2012 leciona percussão no Centrum Choro Workshop (Port Towsend-EUA) e tem se apresentado ao lado do Trio Brasileiro nas principais cidades dos EUA. Alexandre já esteve ao lado de músicos como Anat Cohen, Martin Fondse, Jovino Santos Neto, Ramón Valle, Mariana Aydar, Brasil Guitar Duo e Ney Rosauro.

Juninho Billy Joe- percussão
Juninho é nascido e criado em uma vila paradisíaca do sul da Bahia: Caraíva. Cresceu tocando percussão e absorvendo sotaques e a música de todos os lugares do mundo. É um intérprete vigoroso tanto no samba como em xotes e baiões. Participa do trio de forró Triângulo Caraíva como cantor, percussionista e compositor, com quem passou algumas temporadas na Europa mostrando nossa riquíssima cultura nordestina por lá.

Serviço

Arena do Forró – Caraivana e Trio Dona Zefa
Local: Arena Futebol Clube (Setor de Clubes Sul, trecho 03)
Horário: 21h
Atrações: DJ Caddah, Caraivana e Trio Dona Zefa
Ingressos antecipados:
1º Lote: R$ 25
2º Lote: R$ 30
Valor sujeito à alteração no dia do evento

Pontos de venda:
LÁ NA DANÇA – CLN 203, Bloco A, Subsolo.
ARENA FUTEBOL CLUBE – Setor de Clubes Sul – trecho 3
PIZZARIA DOM BOSCO – Sudoeste quadra 303

Classificação indicativa: 18 anos

Anterior Menu especial de páscoa no Rubaiyat
Próximo Dupla brasiliense lança novo disco