A exposição “Capitais do Brasil” poderá ser visitada gratuitamente no Museu Nacional da República, de 15 de novembro a 6 de janeiro. As fotografias são de Åke Borglund e Bento Viana

A colônia, o império e a república do país se unem em exposição inédita no Museu Nacional da República. Entre 15 de novembro (dia da Proclamação da República) e 6 de janeiro, o público poderá transitar pela memória nacional ao conferir fotos de Bento Viana e Åke Borglund na mostra “Capitais do Brasil”, que também contará com poemas e projeções.

Ela retrata as três cidades que já abrigaram a sede dos poderes do Brasil: Salvador, Rio de Janeiro e Brasília. A exposição promoverá experiências sensoriais e interativas ao público ao mostrar diferentes formas de enxergar o país e interpretá-lo.

Para isso, os curadores Berttoni Licarião e André Honor propõem uma narrativa a partir de três elementos: água (Salvador), ar (Rio de Janeiro) e terra (Brasília). “É um passeio que começa na beira do mar da Roma Negra, alça voo entre o Pão de Açúcar e o Morro Dois Irmãos e finca os pés no barro, no concreto e na amplidão da capital do amanhã dos candangos”, explica Licarião.

A visitação será gratuita, de terça a domingo, das 9h às 18h30. O projeto contempla a visitação de estudantes das instituições de ensino da rede pública do Distrito Federal, assim como centros de ensino especial e organizações de atendimento a pessoas com deficiência.

Este projeto é realizado com recursos da Lei de Incentivo à Cultura do Distrito Federal e patrocinado pela Claro.

Serviço

“Capitais do Brasil”
Local: Museu Nacional da República (Eixo Monumental), Galeria do Térreo
Visitação: 15 de novembro a 6 de janeiro
Horário: terça a domingo, das 9h às 18h30
Informações: (61) 3325-5220
Visitas escolares agendadas pelo telefone (61) 98350-1166
Site: www.capitaisdobrasil.com.br
Entrada franca
Classificação indicativa livre
Evento acessível para braile e libras

Exposição "Capitais do Brasil"
Exposição “Capitais do Brasil” | Foto: Divulgação
Anterior “Eu Odeio Meu Chefe” terá Black Friday do Humor
Próximo Francisco Azevedo revisita personagens em “Eu sou eles”