Mostra na CAIXA Cultural Brasília reúne peças do artista cuja trajetória é destaque internacional quando o tema é intervenção em espaços urbanos

A impactante obra do artista plástico português Alexandre Farto, responsável por alterar paisagens urbanas nos quatro cantos do globo, estará na CAIXA Cultural Brasília a partir de 13 de janeiro de 2019. Em Incisão, o artista exibe suas técnicas preferidas (corte, subtração e descasque da superfície), para criar um plano de contraste como ponto de partida para explorar a noção de construção e reconstrução. A abertura acontece dia 12 de janeiro, às 18h. A visitação segue até 3 de março, sempre de terça a domingo, das 9h às 21h e tem entrada gratuita.

Além das obras, Alexandre Farto – mais conhecido como VHILS, também assina a concepção e curadoria da mostra composta por portas antigas; sendo 13 delas cravadas à mão e outras quatro coletivamente entre Farto e índios da Aldeia Araçaí, no Paraná; um grande painel composto de 18 fotos (45×30) formando uma tela em backlight; vídeos de ações artísticas e do processo de execução da sua técnica; e além de textos. O projeto foi iniciado em fevereiro de 2014, quando de sua realização na CAIXA Cultural Curitiba. Na oportunidade, o artista foi à Aldeia Araçaí onde realizou oficina que gerou a instalação e também a uma intervenção artística na farmácia da Aldeia. No mesmo ano, a mostra seguiu para a CAIXA Cultural Recife.

Considerada brutal e complexa, sua poesia visual exprime uma reflexão sobre os temas da identidade, interação entre comunidades humanas e sobrevivência no caos do mundo contemporâneo. Um olhar particular que nasce das influências que ele vivenciou, na infância, em meio às transformações decorrentes do intenso desenvolvimento urbano ocorridas em Portugal nas décadas de 1980 e 1990.

Predominam na mostra elementos em madeira resgatados do meio urbano para projetar uma cidade simbólica, com várias camadas e diversos planos de leitura, habitada por personagens da realidade urbana. Incisão partilha com o espectador um olhar cúmplice e preciso de questões recorrentes e transversais ao trabalho de Alexandre Farto, num claro gesto de valorização poética da identidade individual em face às complexidades que determinam a condição humana na contemporaneidade.

Alexandre Farto cresceu próximo do Seixal, na margem sul do Tejo, e iniciou-se no grafite por volta dos 13 anos, uma ferramenta poderosa que lhe permitia aliar uma atividade plena de risco e adrenalina à expressão estética e interação com o meio urbano. Em 2007, mudou-se para Londres para estudar na Central Saint Martins College of Art and Design. É hoje um importante nome da street art mundial, tendo se apresentado ao lado de nomes como Banksy.

Incentivo à cultura

A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.

A CAIXA Cultural Brasília, inaugurada em 1980, foi o primeiro espaço cultural instituído pela CAIXA. Localizada na região central de Brasília, perto da estação Galeria do metrô e da rodoviária do Plano Piloto, possui cinco galerias, teatro, sala multimídia e Jardim das Esculturas. Em 2018, está prevista a realização de 60 projetos e o retorno do Programa Educativo CAIXA Gente Arteira.

Serviço

Exposição: Incisão, do artista plástico VHILS
Local: CAIXA Cultural Brasília
Endereço: SBS Quadra 4, Lotes 3/4 – Edifício Anexo da Matriz
Abertura: 12 de janeiro de 2019, às 18h, com a presença do artista
Visitação: de 13 de janeiro a 3 de março de 2019
Dias e horários: Sempre de terça-feira a domingo, das 9h às 21h
Entrada Gratuita
Classificação indicativa: Livre para todos os públicos
Acesso para pessoas com deficiência
Realização: VHILS Studio e 78 Rotações Produções
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal

Vhils
Vhils | Foto: Fernando Guerra
Anterior Blackberry Smoke anuncia shows pela primeira vez no Brasil
Próximo COM DAVID HARBOUR, NOVO "HELLBOY" GANHA DATA DE ESTREIA