AQUI TEM DIVERSÃO

Brincar e Dançar, websérie voltada ao público infantil

Os bailarinos Ammanda Rosa e Daniel Reca │ Foto: Marcelo Machado

São Paulo Companhia de Dança festeja Dia Internacional da Família com 2ª temporada da websérie Brincar e Dançar. Voltada ao público infantil, produção será exibida gratuitamente e com acessibilidade pelo YouTube e Facebook

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD), corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado, gerida pela Associação Pró-Dança e dirigida por Inês Bogéa, celebra o Dia Internacional da Família, comemorado em 15 de maio, com a estreia da segunda temporada de Brincar e Dançar, websérie que convida crianças e seus familiares a se reunirem para explorar a criatividade de forma divertida e lúdica. O primeiro episódio será lançado neste sábado (15/5), às 11h, de modo gratuito nos canais da SPCD no YouTube e no Facebook.

Com concepção pedagógica de Márcia Strazzacappa, doutora em Artes pela Universidade de Paris, professora visitante sênior no PROFARTES da UFPB, livre docente pela Faculdade de Educação da Unicamp e clown de formação, a segunda temporada dá novas roupagens a brincadeiras populares do universo infantil, mostrando como é possível desdobrar uma mesma ideia por caminhos diferentes com o movimento e a dança.

A cada novo encontro virtual, os artistas da São Paulo Companhia de Dança se unem a Márcia – ou a seu alterego, a clown Dona Clotilde – para explorar uma dessas brincadeiras a partir de instruções lúdicas que estimulam a imaginação de toda a família ao mesmo tempo em que proporcionam um momento de interação saudável entre todos que estão em casa.

Com trilha sonora original de Pipo Pegoraro, a segunda temporada de Brincar e Dançar contará com 10 episódios divididos em dois blocos de 5 capítulos cada. O primeiro tem lançamento no dia 15 de maio e segue com a estreia de episódios semanais, sempre aos sábados, às 11h. Os episódios também estarão disponíveis com recursos de acessibilidade, como Libras e audiodescrição.

“Brincar e Dançar é resultado do desejo da São Paulo Companhia de Dança de levar esta arte para o cotidiano das crianças e incentivar a aproximação entre elas seus familiares de forma divertida e criativa. Essa ação se soma a outros projetos da Companhia voltados ao público infantil, como o podcast Contos do Balé e os livretos de atividades Brincadeiras de Dança, disponíveis no site da Companhia”, comenta Inês Bogéa, responsável pela direção geral da websérie.

A segunda temporada de Brincar e Dançar tem sua produção a partir da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio de Itaú, apoio de CDF e realização da Associação Pró-Dança/São Paulo Companhia de Dança, Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Secretaria Especial da Cultura (Ministério do Turismo, Governo Federal).

Com concepção de Elizabeth Menezes, a primeira temporada de Brincar e Dançar está disponível gratuitamente no YouTube e no Facebook da Companhia e também no YouTube do Itaú Cultural.

O projeto integra as ações do selo #SPCDdigital e a exibição acontece nos canais da Companhia no YouTube (São Paulo Companhia de Dança) e no Facebook (@spciadedanca). No Instagram (@saopaulociadedanca) e no Twitter (@spciadedanca), o público confere bastidores dos episódios.

Brincar e Dançar: Segunda Temporada

Estreia: 15/05 (sábado)
Horário: 11h
Onde: Vídeo na íntegra nos canais da SPCD no YouTube (youtube.com/AudiovisualSPCD) e Facebook (facebook.com/spciadedanca)

Programação de episódios:

Episódio 1 – Elefante desengonçado
Data: 15 de maio (sábado), às 11h

No episódio de estreia da nova temporada, Márcia Strazzacapa, a pianista da SPCD Rose Pavanelli e os bailarinos da Companhia Diego de Paula, Carolina Pegurelli e Nielson Souza se divertem interpretando o modo de andar, rastejar e pular de diferentes animais.

Encontro 2 – Vamos fazer pastel?
Data: 22 de maio (sábado), às 11h

No segundo episódio, a clown Dona Clotilde e Rose Pavanelli se unem aos bailarinos da Companhia Ártemis Bastos, Beatriz Paulino, Matheus Queiroz e Yoshi Suzuki para fazer uma deliciosa – e muito movimentada – receita imaginária de pastel de diversos sabores.

Encontro 3 – Esculturas vivas
Data: 29 de maio (sábado), às 11h

No terceiro episódio, os bailarinos da SPCD Ammanda Rosa e Daniel Reca se juntam a Márcia Strazzappa e Rose Pavanelli para brincar um jogo no qual a criança deve colocar mãos e pés em uma determina cor sorteada sem perder o equilíbrio ou derrubar outro jogador.

Encontro 4 – Cabeça, ombro, joelho e pé
Data: 05 de junho (sábado), às 11h

No quarto episódio, a professora-ensaiadora da SPCD, Duda Braz e os bailarinos da Companhia Joca Antunes e Luiza Yuk se unem a Dona Clotilde e Rose Pavanelli para recriar esta famosa brincadeira a partir de diferentes situações.

Encontro 5 – Cadê o toicinho que estava aqui?
Data: 12 de junho (sábado), às 11h

No quinto e último episódio deste bloco, Márcia, Rose e os bailarinos da SPCD Beatriz Paulino e Matheus Queiroz voltam à infância nesta clássica brincadeira que mistura música, imaginação e movimentos ritmados.

SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA

Direção Artística e Executiva | Inês Bogéa

Criada em janeiro de 2008, a São Paulo Companhia de Dança (SPCD) é um corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Associação Pró-Dança e dirigida por Inês Bogéa, doutora em Artes, bailarina, documentarista e escritora. A São Paulo é uma Companhia de repertório, ou seja, realiza montagens de excelência artística, que incluem trabalhos dos séculos XIX, XX e XXI de grandes peças clássicas e modernas a obras contemporâneas, especialmente criadas por coreógrafos nacionais e internacionais. A difusão da dança, produção e circulação de espetáculos é o núcleo principal de seu trabalho.

A SPCD apresenta espetáculos de dança no Estado de São Paulo, no Brasil e no exterior e é hoje considerada uma das mais importantes companhias de dança da América Latina pela crítica especializada. Desde sua criação, já foi assistida por um público superior a 762 mil pessoas em 17 diferentes países, passando por aproximadamente 145 cidades em cerca de 1.000 apresentações e acumulando mais de 30 prêmios nacionais e internacionais. Além da Difusão e Circulação de Espetáculos, a SPCD tem mais duas vertentes de ação: os Programas Educativos e de Sensibilização de Plateia e Registro e Memória da Dança.

INÊS BOGÉA – Direção Artística e Executiva | Inês Bogéa é doutora em Artes (Unicamp, 2007), bailarina, documentarista, escritora, professora no curso de especialização Arte na Educação: Teoria e Prática da Universidade de São Paulo (USP) e autora do “Por Dentro da Dança” com a São Paulo Companhia de Dança na Rádio CBN. De 1989 a 2001, foi bailarina do Grupo Corpo (Belo Horizonte). Foi crítica de dança da Folha de S. Paulo de 2001 a 2007. É autora de diversos livros infantis e organizadora de vários livros. Na área de arte-educação foi consultora da Escola de Teatro e Dança Fafi (2003-2004) e consultora do Programa Fábricas de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado (2007-2008). É autora de mais de setenta documentários sobre dança.

CLIQUE ABAIXO E ACESSE + CONTEÚDOS SOBRE
  #MÚSICA   #TEATRO&DANÇA   #GASTRONOMIANODF   #RECEITAS  
#ARTESVISUAIS   #FILMES   #SÉRIES   #TVABERTA&ASSINADA
 #LITERATURA   #TURISMO   #EVENTOS

SIGA E CURTA AS NOSSAS REDES SOCIAIS
  FACEBOOK/DIVERSAOAQUITEM   INSTAGRAM/DIVERSAOAQUITEM
TWITTER/DIVERSAOAQUITEM

Sair da versão mobile