Brace Parrilla Contemporânea tem novo Chef de cozinha, cardápio e ambiente repaginado 

A experiência faz o negócio! Eduardo Cavalheiro, mais conhecido como Dudu Paxtel, é o novo nome à frente do agora reformulado Brace Parrilla Contemporânea, ao lado de Sérgio Lúcio.

Situada na 404 Sul, a famosa Rua dos Restaurantes, a casa de carne passou por uma boa repaginação e adotou novos conceitos para o público amante de cortes mais elaborados. Além disso, ganhou um refresh no tempero dos itens do menu com a expertise de Dudu.

Logo na entrada, é possível ver mudanças pelo ambiente. No salão, onde ficava a boutique, Dudu preferiu aumentar a capacidade da casa com mesas e luminárias, que dão um toque contemporâneo e harmonizam com a cozinha aberta, em que os clientes podem ver o preparo de cortes e as novas louças.

O famoso corte dos Flinstones, o Tomahawk (R$ 189) é uma das estrelas dessa nova fase. “Esse corte já é bastante conhecido nos Estados Unidos, é a deriva do corte do contrafilé da parte da bisteca igual o Prime Rib e possui um osso de 30 centímetros. É um corte muito suculento, de extrema maciez e a presença do osso ‘empresta’ à carne um sabor autêntico, muito peculiar ao corte”, afirma o chef.

Fiel à sua raiz de pasteleiro, Dudu trouxe canudos feitos com massa de pastel recheados com costela desfiada (R$ 34) para a seção de entradas. Mas abram alas para a barriga de porco marinada por 10 horas, assada em baixa temperatura, finalizada no óleo quente para a pururuca e servido com um delicioso barbecue de goiabada (R$ 32). Outro destaque é a Caesar Salad (R$ 29), que chega à mesa dentro de um vidro com fumaça, onde ganha um sabor defumado.

Durante a semana, o menu executivo rouba a cena. Sempre acompanhada por salada, o cliente pode escolher a costelinha suína, o chorizo, o assado de tira, o bife a cavalo e a carne de sol com queijo coalho. Variando entre R$ 39 e R$ 49, os pratos vêm com dois acompanhamentos. “Para sair um pouco do óbvio, apostei em acompanhamentos que não são encontrados em qualquer casa de carne”, garante Dudu.

Bons exemplos dessa inovação são o Mac n’ cheese e o Quinoto de limão siciliano e beterraba com creme azedo. Porém, se a ideia é um almoço em família, prepare-se para receber o chef em sua mesa com a tábua de carne pronto para finalizar os cortes na hora.

Outra grande aposta é a costela cozida por 48 horas a sous vide e finalizada na parrilla, que serve duas pessoas (R$ 129). Tem também os cortes tradicionais, como picanha, fraldinha, t-bone, costeleta suína empanada, galeto e bife de tira.

Outra preocupação de Dudu foi a seção de sobremesas. “Percebi que as sobremesas não saíam muito e acrescentei opções que até eu, que não gosto muito de doce, pediria”, conta rindo. São elas: mil folhas de doce de leite argentino com banana (R$ 28), a torta de limão (R$ 21) e a cheesecake com calda de frutas vermelhas (R$ 28).

Sobre o Chef

Há quem desconheça o fato de que a Feira dos Importados já foi instalada no estacionamento do Mané Garrincha. E foi lá que Eduardo Cavalheiro começou sua jornada com a gastronomia. Filho de Roberto Cavalheiro, que em 1997 inaugurou a famosa Pastelaria do Beto, a pretensão de se tornar chef veio um pouco mais tarde.

Recém-formado em Gastronomia pelo IESB, Dudu veio para quebrar paradigmas de pouca experiência por conta do currículo. A expertise parece estar enraizada em suas veias. Sem entender muito bem inglês ou francês, o rapaz embarcou em uma aventura que só os safos tiram de letra como ele tirou.

“Não falo nada que não seja o português, mas resolvi fazer algumas aulas na Le Cordon Bleu de Paris. Fazia mímica com o professor pra saber se era aquilo mesmo que ele queria e torcia para ter algum brasileiro na turma”, relembra.

Além da renomada escola de culinária, Dudu soma experiências em aulas de especialistas em carnes como Mário Portela, Roberto Barcellos e Marcelo Bolinha.

Serviço

Brace Parrilla Contemporânea
CLS 404, Bloco A, Loja 33
(61) 3226-2416
Segunda 12h às 15h;
Terça a quinta 12h às 15h / 18h30 às 23h;
Sexta e Sábado 12h às 23h e Domingo de 12h às 16h.

Anterior Bistrot tem cardápio exclusivo toda terça e quarta-feira
Próximo Open Bar de vinhos para ser apreciado toda a noite