Casa aposta no crescimento do consumo de vinho entre o público mais jovem no Bar Primo Pobre. Na carta, vinhos chilenos, italianos, portugueses, argentinos e uruguaios

Se antes o vinho era uma bebida normalmente degustada por pessoas mais velhas, geralmente em ambientes mais sofisticados e tranquilos, esse cenário está mudando. Pesquisas apontam que o público mais jovem vem, nos últimos anos, demonstrando um crescente interesse pela cultura do vinho. Estudo realizado pela Dotz, empresa de programas de benefícios, aponta que, em 2020, o aumento de consumo de vinho na faixa etária até 30 anos, foi de 38%. E a bebida está, cada vez mais, associada ao lazer festivo.

Atento a essa demanda que só cresce, o bar Primo Pobre, que antes trabalhava apenas com cervejas e drinks em seu cardápio, passou a incluir também uma carta de vinhos. São vinhos argentinos, chilenos, italianos, uruguaios e portugueses, importados pela empresa brasiliense Del Maipo. “Nós percebemos que havia essa demanda dos nossos clientes e estamos apostando nessa proposta que é a de acabar com essa coisa formal de consumir vinho”, ressalta a sócia do Primo Pobre, Rayssa Ferreira.

Entre as opções da carta de vinhos da casa, nas versões branco, rosé e tinto, estão os argentinos La Vid e 4 Estaciones; os chilenos Ribera Reserva e Casas Del Maipo; os portugueses 1808 Colheita e Esperança; os italianos Paradosso, Ciao Bella e Secreto; e os uruguaios Alma Jovem e Toscanini. Os preços das garrafas variam entre R$53,00 (do argentino La Vid) a R$134,00 (do português 1808 Colheita).

A Del Maipo, que abastece a adega do Primo Pobre, busca os melhores dentre os bons produtores de vinhos no velho e no novo mundo. Especializada em vinhos, percorre, desde 2003, as melhores bodegas na França, Espanha, Portugal, África e Austrália, Chile, Argentina, África do Sul, Austrália e Estados Unidos.

Medidas sanitárias

Para maior segurança dos clientes, o bar Primo Pobre adota várias medidas de controle em relação à pandemia de Covid. A capacidade do bar foi reduzida em mais de 50%, pontos de álcool em gel ficam disponíveis por todo o bar, as mesas dispostas com uma distância superior a dois metros entre elas, equipe trabalhando com equipamentos de proteção individual e exigência do uso de máscara sempre que o cliente levantar da mesa. Outro diferencial da casa, que ajuda no controle da disseminação da Covid, são as mesas dispostas ao ar livre, com circulação natural de ar.

Serviço

Bar Primo Pobre
Endereço: CLN 203 – Bloco D – Asa Norte
Whatsapp para pedidos “Pega e Vaza”: (61) 99673-9852
Horário de funcionamento: Quarta, Quinta e Sexta – de 16h20 às 23h
Sábado e Domingo – de 12h às 23h

💬
ACESSE E DIVULGUE NOSSA PÁGINA DE FINANCIAMENTO COLETIVO DA REVISTA E SITE AQUI TEM DIVERSÃO 👇
BOTÃO DE APOIO 👇

Anterior São João na Parrilla, 🍗 programação tipicamente junina
Próximo Isabella Rovo lança EP autoral nesta sexta-feira (25)