Dando sequência às comemorações de seus 15 anos de atividades ininterruptas, As Caixeiras Cia. de Bonecas embarcam em uma viagem por cidades históricas em: Cabeças Vorazes na Estrada Real.

Precursoras na pesquisa e difusão de Teatro Lambe-Lambe no DF, a Companhia vai, entre 10 e 28 de setembro, apresentar o espetáculo “Cabeças Vorazes” em três estados com pousos em cidades que estão no trajeto da Estrada Real.

Cabeças Vorazes conta a história de um homem e de uma mulher que todas as noites dormem abraçados na rede. Todas as madrugadas, a cabeça da mulher se desprende do corpo e vai comer em outras malocas de aldeias distantes. Antes do amanhecer, a cabeça da mulher volta e cola em seu corpo outra vez.

Mas, numa dessas madrugadas, a mãe da moça encontra o corpo decapitado de sua filha na rede, ao lado do marido. A partir desse momento a vida do casal não é mais a mesma.

A montagem de teatro de miniatura, concebida pela companhia, é inspirada em um mito indígena comum aos povos da região do Rio Guaporé, no estado de Rondônia, na Amazônia Brasileira, e que possui diversas versões descritas pela antropóloga Betty Mindlin, no livro “Moquecas de Maridos”. As Caixeiras Cia. de Bonecas optaram por encenar a versão que é atribuída ao povo Makurap.

Com apenas 12 minutos por sessão, a encenação é realizada dentro de uma estrutura móvel para uma plateia de apenas 9 pessoas por vez. A opção pela estrutura reduzida se deu pela experiência do grupo com o Teatro Lambe-lambe, oferecendo ao público uma atmosfera intimista de aproximar-se das culturas indígenas e do Teatro de Animação.

A circulação nacional do espetáculo será por Ouro Preto, nas Minas Gerais, na cidade de Cunha, no estado de São Paulo, e finaliza no litoral do Rio de Janeiro em Paraty. Na volta a Brasília, a peça será apresentada no Pontão do Lago Sul.

Além das sessões de espetáculo, que ocorrerão nas praças dessas cidades, as atrizes irão ministrar oficinas de construção de bonecos em miniatura. Toda essa circulação conta com o fomento do FAC – Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.

Hoje, no Distrito Federal, As Caixeiras são a única companhia profissional que pesquisa e difunde o Teatro Lambe-Lambe. E seus espetáculos, projetos e oficinas, as fazem reconhecidas nacionalmente como uma companhia fundamental dentro desse estilo teatral genuinamente brasileiro. Conheça melhor a Companhia em www.ascaixeiras.com.

Serviço:

Ouro Preto (MG)
Local: Pra̤a Tiradentes Рem frente ao Museu da Inconfid̻ncia
Dias e período: 10 e 11/09 (sáb e dom), das 19h às 22h

Oficina
Dias e horário: 12,13 e 14/09 (seg, ter e qua), das 10h às 13h
Local: Centro de Artes e Convenções – Bloco B/ Prédio do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFOP (PPGAC – UFOP)
Endereço: Diogo de Vasconcelos, R. do Pilar, 328, Ouro Preto
Informações: [email protected]

Cunha (SP)
Local: Praça Conego Siqueira
Dias e período: 17 e 18/09 (sáb e dom), das 19h às 21h

Oficina:
Dias e horário: 19, 20 e 21/09 (seg, ter e qua), das 14h às 17h
Local: Escola Municipal Benedito aguiar santana
Endereço: Daher Pedro, 445 – Areao
Informações: [email protected]

Paraty (RJ)
Local: Praça da Paz
Dias e período: 24 e 25/09 (sáb e dom), das 18h às 20h

Oficina:
Dias e horário: 26, 27 e 28/09 (seg, ter e qua), das 15h às 18h
Local: CAJU – Casa da Juventude
Endereço: Rua João de Deus, Praça São José Operário, Ilha das Cobras, Paraty (antiga escola Municipal Guiomar Schimidt)
Informações: [email protected]

Espetáculo e oficina com acesso gratuito e classificação indicativa de 14 anos.
As sessões do espetáculo contarão com audiodescrição para pessoas com deficiência visual