As Beatas: Companhia de teatro aborda quebra de paradigmas com os avanços da tecnologia

A Internet sendo confundida por uma vadia, um jovem e recém-ordenado pároco da esquecida cidadezinha mineira de S. Antônio do Piripaco visto como seu amante. Essa é a receita de uma comédia hilária: “As Beatas”.

A tônica do espetáculo, dirigida pelo dramaturgo Alberto Bruno, aborda as relações em que o velho e o novo se encontram no mesmo tablado, e a quebra de paradigmas e as mudanças de hábitos se instalam um pouco antes do ano 2000.

A proposta do “Café com Teatro” é um convite intimista e inovador, em que o espectador vai desfrutrar de um farto café colonial e assistir, por cerca de 50 minutos, uma apresentação de teatro que aborda costumes, posturas sociais e relatos vivenciados no final do século 20, especialmente em cenário de “rupturas sociais”, após a chegada de avanços tecnológicos -como a internet, por exemplo.

A inspiração para a peça veio de uma experiência própria de vida. Alberto Bruno é natural de Governador Valadares e foi criado em um pequeno município entre as serras mineiras. “Ainda pude vivenciar no século passado muitas situações que hoje parecem distantes, mas basta pegar o carro e fazer uma curvinha aí pelo entorno de Brasília, que possivelmente encontrará esses Brasis dos quilombos e arraiais, onde os grandes avanços tecnológicos não chegaram”, pontua Bruno.

Serviço

Projeto Café com Teatro
As Beatas
Período: de 14/04 a 26/05
Horário: Sempre aos domingos, às 17h
Voucher: R$80,00
Pontos de venda:
https://www.sympla.com.br/cia-da-ilusao__491323
Teatro de Bolso da Companhia da Ilusão
(61) 3242-3544
CRS 510 – Bloco C – Sobreloja 18 – W2 Sul

Anterior Oficinas de tingimento com plantas do cerrado
Próximo Primeira temporada de blues no restaurante Nikkei Brasília