Artistas do DF pra seguir nas redes


Todo mundo segue artistas nas redes sociais. É legal, é tendência e deixa a gente mais perto de quem admira e gosta. Em Brasília, temos também nomes bem bacanas do mundo artístico pra seguir e acompanhar.

Na era das redes sociais, os artistas que acompanhamos calibraram forte em postagens criativas, curiosas e engraçadas. Personalidades como Padre Fábio de Melo, Solimões, Fafá de Belém e Ana Furtado sabem muito bem como manter um público cativo. Eu mesmo sou usuário assíduo do Instagram e acompanho nomes de Brasília que sempre contribuem com conteúdos interessantes e diversificados, seja divulgando seus trabalhos, como hospedagem de portfólios pessoais, ou postando particularidades de suas rotinas. Listarei aqui 20 perfis dos tantos que sigo pra que você conheça um pouco mais sobre esses artistas (bacanas) que tanto admiro.

Artistas do DF pra seguir nas redes

@jhonygomantos

Ator do Teatro do Concreto, Teatro Cafona e tantos outros grupos, Jhony Gomantos é professor de teatro para adolescentes e faz o maior sucesso nas unidades do SESC de Ceilândia e Gama. Anualmente, desenvolve e produz a Mostra Gomantos de Teatro. Seu instagram é um misto de suas baladas com as aulas e closes da garotada jovem.

@guigavictor

Guilherme Victor é bailarino e estudante de dança de Brasília. Entre vídeos de ensaios, performances solos, coletivas e fotos com seu gato de estimação, ele faz o maior sucesso, sempre brincando com fotos de nu artístico e stories de sua rotina no mundo da dança.

@fernand.08

Fernando Oliveira é ator de teatro e vídeo e publica pequenas crônicas cotidianas com aqueles efeitos mais toscos e engraçados do Intagram. Reclama da chuva, reclama do sol, reclama do vento… mas sempre com muito humor e tirando onda de si mesmo. Eu já visito o perfil dele tentando ver qual será o próximo texto crítico-indignado-engraçado que vai postar.

@aiamivad

Davi Maia é conhecido também como Palhaço Aipim, da Trupe Raiz do Circo. De uma família ligada à arte circense, suas postagens, casuais, irônicas e críticas sempre desafiam o internauta, seja com suas peladices cotidianas, registros de trabalhos e fotos de duplo sentido.

@negaluiza

Ana Luiza Bellacosta é atriz, palhaça e super produtora de Brasília. Seu insta é repleto de experiências de trabalho, manifestações político-culturais e gente bonita. Aliás, que mulher bonita ela, viu! Sempre antenada nos rolês e desenvolvendo trabalhos de qualidade na cidade.

@jacobeew

Pedro Jacobe é artista e estudante de comunicação. Acho até que seu instagram deveria se chamar “Jacobe’s da Depressão”. Ele não é de postar muita foto no feed não, mas, em compensação, seus stories contam com muita gente famosa e trolagens que ele faz a si mesmo (principalmente em banheiros, restaurantes e situações cotidianas da vida). Jacobe consegue estar em 345 lugares ao mesmo tempo e nunca tem tempo pra gente, mas é legal!

@pretorezende

O ator Preto Rezende é proprietário o teatro Lieta de Ló, de Planaltina-DF. Preto faz publicações críticas e bem humoradas e divide suas postagens de trabalho com registros pessoais. A série “Os Patos”, em que usou brinquedos de plástico pra falar das mazelas cotidianas, é hilária!

@anaquintas

Ana Quintas eu já conhecia antes de ser amigo dela. Fizemos uma peça juntos em 2018 e, de quebra, fomos visitar a casa de Inri Cristo – uma das experiências mais loucas de minha vida. Ana é atriz e iluminadora e seus posts são mistos. Tem viagens com a família, registros de trabalhos e stories super estilosos e cheios de personalidade.

Artistas do DF pra seguir nas redes

@fabricismo

Fabrício Hundou é a poesia em pessoa. De acordo com ele mesmo, “uma beleza tão interior que chega a ser caipira”. Com postagens poéticas e casuais, seu instagram tem muita interação com a natureza, saraus e simpósios culturais, além de recortes cotidianos que deixam os olhos da gente brilhando. Um cara do bem.

@livia_bennet

A atriz, bailarina e coreógrafa Lívia Benet é, talvez, a pessoa mais alongada dessa cidade. Com muitos recortes de seus solos coreográficos, aulas de corpo e ensaios artísticos, seu instagram é quase que uma vitrine para quem quer entender mais a área da dança ou acompanhar os trabalhos dessa pessoa doce e talentosa que ela é. Vale conferir.

@anafabula

Ser de Brasília e não seguir a atriz, palhaça e produtora Ana Flávia Garcia é algo quase incoerente. Dona de um senso de humor crítico memorável, Ana Flávia está sempre com a língua afiada para provocações sobre a política, a cultura e seus projetos pessoais. Seguir Ana Flávia é entender um pouco da mente de uma artista inquieta e ativista. Vá lá!

@digrisoares

Ingrid Soares é o estilo em pessoa! A atriz e professora aparece com uma foto mais poderosa do que a outra no instagram. E não é questão de look diferente não… é questão mesmo de lindeza, atitude e know-how nos rolês do quadradinho. Tá aí uma beleza afrontosa nas redes sociais!

@nobukahi

Sou fã do Nobu há muito tempo e isso nem é segredo pra ninguém. Seu insta é uma mistura de portfólio, comedia dos erros e pensamentos filosóficos sobre sua própria rotina e sua própria carreira. Ele é vizinho de uma escola onde há um graffiti com o rosto de Fernanda Montenegro, que, volta e meia, dá alguns conselhos da vida pra ele.

@larissasouza

Larissa Souza é a paraense mais brasiliense da parada. A atriz tem postagens que variam entre a poesia do dia-a-dia e seus trabalhos artísticos no DF. Dona de um sorrisão e de um bom humor inconfundíveis, Larissa vem cada vez mais firmando seu nome na cena cultural do quadradinho.

@andreamaro

O ator, fotógrafo, diretor, jornalista, poeta, compositor e dono de casa André Amaro tem em seu feed um compilado de belezuras. Registros de seus trabalhos, de suas viagens e se sua vida pessoal mostram um perfil maduro, elegante e convidativo. Vale a pena seguir para conhecer um pouco desse artista multifacetado.

@kellycosty

Essa trabalha, viu!? De manhã tá numa peça, de tarde numa ação cênica e de noite num espetáculo de sucesso da cidade. Kelly Costty é uma das mais versáteis atrizes de Brasília que conheço. Fizemos faculdade juntos há 10 anos e, sinceramente, não consigo entender como não envelhece nunca! Ela consegue numa mesma semana de postagens ser sexy, ser duende, ser um anime, ser goodvibes e ser zoeira. Duvida? Dá um like lá!

Artistas do DF pra seguir nas redes

@sergiomaggio

O diretor, dramaturgo, jornalista e amigo os animais Sérgio Maggio diz com um meme ou uma frase de efeito o que demoraríamos um semestre numa tese pra desenvolver. Dono de um senso de humor impagável, Sérgio e seus gatos, Hillary, Michele, Melodia, Zumbi e Orestes, têm sempre uma mensagem reflexiva pra soltar na rede.

@nininhaalbuquerque

Nininha Albuquerque transita entre a dança e as artes cênicas, sempre com looks criativos nos mais diferentes eventos da cidade. Dona de uma personalidade forte, esbanja talento e inventividade com muita arte.

@aidakellen

Atriz, cantora e psicóloga – Eis uma combinação que não dá erro! Ainda Kellen é profissional do DF e alia mensagens motivacionais com seus exercícios físicos (gente, como ela é atleta)! Gosto se seguir suas postagens porque me soam como, sei lá, respiros de paz nessa correria insana que é a vida.

@romildonascimentostore

Artistas precisam ter quem os vista e o estilista Romildo Nascimento é a irreverência em pessoa. Seus posts são cheios de looks usados pela galera das artes, sempre com pitadas de humor ácido. Costumo brincar que Romildo sempre acaba com a poesia de propósito, com suas frases diretas e sem papas na língua. Mas não se engane… ele é um amor!

Quer conhecer mais essa galera das artes de Brasília? Chega junto, dá aquele like, aquela stalkeada. Esse será o primeiro passo pras nossas relações saírem do campo cibernético para o campo da vida real, seja nos espetáculos de teatro, de dança, nos desfiles de moda ou nas saídas para bares e festinhas da cidade. Nos vemos por aí !

@josueljunior1 hehe : )

Josuel Junior é ator, professor, produtor cultural e assessor de imprensa formado pela Fundação Brasileira de Teatro – Faculdade de Artes Dulcina de Moraes. Tem trabalho ativo em teatro, cinema, televisão e fotografia.

Anterior Grupo Orì faz única apresentação em Brasília no dia 18/11
Próximo Músicos do Playing For Change se apresentam em Brasília