A trajetória plural de Arnaldo Antunes é investigada no documentário “Com a Palavra, Arnaldo Antunes”, produzido com exclusividade para o Curta! com financiamento pelo Fundo Setorial do Audiovisual, da Ancine. Na produção, o cineasta Marcelo Machado, que também dirigiu “Tropicália”, convidou o músico e poeta Arnaldo Antunes a revisitar todos os desdobramentos de sua produção artística.

O paulistano começou a carreira artística compartilhando os vocais e as composições na banda de rock Titãs. Em paralelo, ele se dedicou à literatura. Após se desligar do grupo, Arnaldo Antunes se lançou em carreira solo, montou o trio Tribalistas, com os amigos Carlinhos Brown e Marisa Monte, e se aventurou no mundo das artes visuais, criando obras que remetem à escrita. Estreia na Segunda da Música, 26, às 22h35.

Cineasta Eliza Capai Revela Mulheres De Diferentes Culturas Em Road Movie Pela África

A diretora Eliza Capai decidiu retratar a chegada aos 30 anos de uma forma diferente e embarcou sozinha rumo à África. Em uma carta para a filha, ela narra os encontros com mulheres que vivem em diferentes culturas naquele continente, no documentário “Tão longe é aqui”. Em formato de road movie, o filme revela as memórias dessa viagem que durou quase sete meses. O longa recebeu o prêmio de Melhor Filme na Mostra Novos Rumos do Festival do Rio de 2013 e a láurea de Melhor Documentário no BrasilCine de Estocolmo em 2014. Estreia na Sexta da Sociedade, 30, às 21h35.

Segunda da Música – 26/11

22h35 – “Com a Palavra, Arnaldo Antunes” (Documentário)

Um documentário autobiográfico sobre o papel que a palavra, a música e a imagem ocupam na obra de Arnaldo Antunes. Da origem como poeta ao sucesso como compositor, o artista revisita momentos marcantes da carreira. Diretor: Marcelo Machado. Duração: 70 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 27 de novembro, terça-feira, às 2h35 e às 16h35; 28 de novembro, quarta-feira, às 10h35; 1º de dezembro, sábado, às 22h30.

Promo: https://youtu.be/i_WVR0NgKyk

Terça das Artes – 27/11

23h – “Inhotim Arte Presente” (Série) – Episódio “Claudia Andujar”

A fotógrafa e ativista Claudia Andujar se dedica à proteção dos índios yanomami desde a década de 1970. Suíça naturalizada brasileira, ele ganhou reconhecimento internacional pela forma como registrou a vida daquele povo. Uma seleção de mais de 500 de suas fotografias estão na Galeria Claudia Andujar, em Inhotim, Minas Gerais.

Uma parte dessa obra e a história de sua autora são retratados neste episódio da série “Inhotim Arte Presente”, que também acompanha a montagem da Galeria Claudia Andujar trazendo depoimentos da artista e do grupo de indígenas presente na inauguração. Diretor: Pedro Urano. Duração: 52 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 28 de novembro, quarta-feira, às 3h e às 17h; 29 de novembro, quinta-feira, às 11h; 1º de dezembro, sábado, às 12h.

Promo: https://youtu.be/sdFfDySv4bY

Quarta de Cinema – 28/11

20h – A faixa “A Vida é Curta!” traz três curtas-metragens com o tema “Dramas familiares”

De tanto olhar o céu, gastei meus olhos (Ficção)

O pai de Luana e Wagner envia uma carta após anos de abandono. Wagner acredita que o pai pode ter mudado. Luana, não. Diretora: Nathália Tereza. Duração: 25 min. Classificação: livre. Horários alternativos: 29 de novembro, quinta-feira, à 0h e às 14h; 30 de novembro, sexta-feira, às 8h; 1º de dezembro, sábado, às 14h.

Retrato de Carmem D. (Documentário)
Carmem Dametto tem 72 anos e é psiquiatra. Atende os seus pacientes no consultório localizado no térreo de sua ampla casa, onde também vive Marcela, sua filha, que sempre nadou na piscina do jardim. Diretora: Isabel Monteiro Joffily. Duração: 22 min. Classificação: livre. Horários alternativos: 29 de novembro, quinta-feira, à 0h28 e às 14h28; 30 de novembro, sexta-feira, às 8h28; 1º de dezembro, sábado, às 14h28.

3 minutos (Ficção)
Três minutos. O tempo de deixar um recado. De passar o bastão e correr 1.600 metros. De cozinhar um ovo. O tempo de tomar uma decisão que pode mudar sua vida, antes que caia a ficha. Diretora: Ana Luiza Azevedo. Duração: 5 min. Classificação: livre. Horários alternativos: 29 de novembro, quinta-feira, à 0h52 e às 14h52; 30 de novembro, sexta-feira, às 8h52; 1º de dezembro, sábado, às 14h52.

23h30 – “Nós, documentaristas” (Série) – Episódio “Lucia Murat”

No episódio, Lucia Murat, uma das maiores cineastas do documentário brasileiro, responsável por obras como “Pequeno Exército Louco”, “Que Bom Te Ver Viva” e “Uma Longa Viagem”, conta o que passou durante a ditadura e como essa e outras experiências pessoais continuaram ecoando e se refletindo em sua obra. Diretora: Susanna Lira. Duração: 26 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 1º de dezembro, sábado, às 20h45; 2 de dezembro, domingo, às 9h50.

Promo: https://youtu.be/dbewDMnMoQo

Quinta do Pensamento – 29/11

22h30 – “A Revolução da Escola 1918 – 1939” (Documentário)

Depois da 1ª Guerra Mundial, pensadores estavam em um processo revolucionário na educação, buscando formas de ensino centralizadas nas crianças. A ascensão do fascismo, porém, arrebatou suas iniciativas. Diretora: Joanna Grudzinska. Duração: 52 min. Classificação: livre. Horários alternativos: 30 de novembro, sexta-feira, às 2h30 e às 16h30; 1º de dezembro, sábado, às 8h50.

Promo: https://youtu.be/L5K-zyk807k

Sexta da Sociedade – 30/11

21h35 – “Tão Longe é Aqui” (Documentário)

Memórias guardadas de uma longa viagem realizada pela diretora Eliza Capai pela África são a inspiração de uma carta, que é enviada para sua filha, para o futuro. Diretora: Eliza Capai. Duração: 75 min. Classificação: 10 anos. Horários alternativos: 1º de dezembro, sábado, à 1h30 e às 7h; 2 de dezembro, domingo, às 18h; 3 de dezembro, segunda-feira, às 15h35.

Promo: https://youtu.be/V1iq4f82Md0

Sobre o Curta!

Dedicado às artes, à cultura e às humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, o canal pauta a sua programação pelos seguintes temas: música, dança, teatro, artes visuais, arquitetura, metacinema, filosofia, literatura, história política e sociedade.

O Curta! pode ser visto nos canais 56 e 556 da NET e da Claro TV, no canal 75 da Oi TV e no canal 664 da Vivo, oferecido à la carte pela operadora. Siga o Curta! nas redes sociais: www.facebook.com/CanalCurta, https://twitter.com/canalcurta e www.youtube.com/user/canalcurta. Saiba mais em http://www.canalcurta.tv.br.

Anterior Cantora paulistana Anna Setton lança novo álbum
Próximo 2º Festival Arranha-Céu - Festival de Circo Atual de 7 a 16/12