Atualmente, a palavra ansiedade é uma das mais pesquisada nos sites de busca da internet, isso mostra como a humanidade está adoecendo aos poucos

Pessoas que sofrem com ansiedade sentem uma preocupação excessiva, medo em situações “simples” do cotidiano ou mau pressentimento, como se algo de ruim fosse acontecer a qualquer momento. Um dos fatores principais é o mundo cada vez mais acelerado, a produção capitalista que cria coisas desnecessárias e o consumismo impulsiona ainda mais essa prática.

É neste cenário que a ansiedade se manifesta, quando existe uma luta constante contra as cobranças da vida e que na maioria dos casos nem são suas, mas da sociedade. Ter um instinto competitivo e autocobrança faz com que o ansioso permaneça em constante alerta e desperta a necessidade de sempre estar à frente dos outros, e com isso não vive no presente mas, sim, no futuro.

No livro Código da Alma, publicado pela Editora Luz da Serra, a autora Patrícia Cândido, professora e pesquisadora na área da espiritualidade há mais de 15 anos, explica de uma forma muito prática o impacto das nossas ações no cotidiano e como elas contribuem para a construção de um corpo doente. Além disso, a escritora mostra um caminho para a cura natural.

A vida acontece conforme ela deve ser e compreender que a ansiedade não fará com que o tempo acelere, pode ajudar muito. Utilizar da Fitoenergética, praticar terapia, meditação ou yoga auxilia no processo de respiração e ficar concentrada no presente também são estratégias muito eficientes para que a pessoa não sofra esse mal que assola 9,3% da população brasileira.

Anterior Palestra apresenta “Programa Família Acolhedora” para a comunidade
Próximo Esdras Nogueira celebra Caetano Veloso com lyric