Maior autora jovem dos Estados Unidos, a ativista Angie Thomas participará de live da Galera Record em parceria com a Educafro

No dia primeiro de julho, no Instagram da Galera Record, a celebrada autora de “O ódio que você semeia” falará aos leitores-fãs brasileiros, uma oportunidade rara de interação com a autora, que é hoje uma referência de literatura para jovens negros no mundo todo. Em parceria com a Associação Educafro, o evento tem como objetivo não só a discussão, mas principalmente promover a diversidade de leitores e o acesso à literatura: dez livros juvenis serão doados para a entidade a cada exemplar vendido no dia da transmissão.

Convidada da Bienal de São Paulo, que aconteceria em outubro, Angie aceitou o da Editora-executiva da Galera Record, Rafaella Machado. “Não é uma ação para promover o livro, que já é um sucesso. Precisamos democratizar a leitura, viabilizar, especialmente entre jovens negros e periféricos. Diminuir esse abismo social que afeta o aceso à literatura. Neste caso, uma literatura de representatividade”, enfatiza Rafaella. “É um comprometimento social nosso, como editora, promover a educação, a inclusão e a diversidade, não só de autores, como de leitores”.

Black Lives Matter: O Fenômeno Angie Thomas

Há três anos, Angie Thomas ocupa o primeiro lugar na lista de livros juvenis mais vendidos dos Estados Unidos com sua obra de estreia, O Ódio que você Semeia. Sua pauta? Black lives matter, o nome do movimento antirracista que tem chamado atenção por suas ações coordenadas em diversos lugares do do mundo.

Angie alcançou o sucesso logo no primeiro livro ao dar visibilidade a esta luta, uma realidade, que é a violência contra jovens negros nos EUA, e representatividade àqueles que são afetados diretamente pela violência.

“Angie Thomas é o maior nome da literatura juvenil que aborda a violência contra jovens negros nos Estados Unidos”, conta Rafaella. “Ela escreve em suas linhas sobre uma dura realidade, tanto nos Estados Unidos, quanto no Brasil: a violência policial contra jovens negros inocentes. É uma autora cuja obra é muito importante que seja discutida, debatida e apresentada no nosso país.

A autora

Angie Thomas nasceu, foi criada e ainda vive em Jackson, no Mississipi, o que se percebe pelo sotaque. Quando adolescente, era rapper e sua maior conquista foi ter escrito um artigo sobre si mesma na Right-On Magazine (com foto). É bacharel em Creative Writing pela Belhaven University e possui um diploma não oficial em Hip Hop. Ela ainda sabe fazer rap, se for preciso. Seu livro de estreia, O ódio que você semeia (The hate U give), foi o primeiro a vencer o Walter Dean Meyers Grant, em 2015, na categoria We Need Diverse Books. O romance será adaptado para o cinema, pela Fox, e chegou ao primeiro lugar da lista do The New York Times na semana do seu lançamento.

Serviço

Bate-Papo com Angie Thomas no Instagram da Galera Record, em parceria com a Educafro
Horário: 20h
Data: 01/07
Local: Perfil @galeraRecord no Instagram
Tradução Simultânea: Érica Imenes

Anterior 7 na Roda anima a sexta-feira do Festival Drive-in
Próximo Confira a programação do Cine Drive-In de 2 a 8/07