Artista radicada em Brasília volta para lançar a segunda faixa do EP Quero de Novo e falar, desta vez, de gentileza e expressão em tempos de resistência

“Tudo que um oi quer dizer. Quantas palavras consegue esconder. Tudo que o oi diz para mim. E pra você é mesmo assim”. Após lançar o videoclipe Quero de Novo e falar de amor e arte em tempos de pandemia, a cantora revelação da nova música popular brasileira, Andrea Aiko, retorna agora expressando gentileza na faixa Oi. O videoclipe pode ser conferido em seu canal no YouTube: https://www.youtube.com/results?search_query=andrea+aiko.

E já que o momento é de apresentações on-line, a artista fará uma live especial de lançamento de Oi no dia 28 de outubro, quarta-feira, às 20h, em suas redes sociais. Confira: Instagram: @andreaaiko. Gratuito. Livre para todos os públicos.

Foram meses de dedicação para gravar em tempos de pandemia os videoclipes que compõem o EP Quero de Novo, nome também da primeira faixa do disco que está no ar deste setembro em: https://www.youtube.com/watch?v=phk3AOiNViw&ab_channel=AndreaAiko.

Previsto para ser lançado em fevereiro de 2021, o álbum contará com seis canções e, ainda, duas faixas bônus da música Oi, gravada em inglês e espanhol.

As versões já estão disponíveis em todas as suas plataformas digitais e no site: https://andreaaiko.com/.

Com a produção musical de William Ribeiro, parcerias musicais com Harrisson Azevedo, amigo de longas datas e, ainda, com o músico Zeca Bahia (in memorian) que assina a composição Porto Solidão, Andréa prepara esse EP que mescla mpb com baião. “Para curtir, namorar e dançar”, fala, alegre com os resultados. As faixas serão lançadas ao longo de 2020 e 2021, sempre uma por mês.

Agora é a vez da segunda faixa do disco. Oi é uma bossa-nova que foi gravada de forma independente pela artista, dentro de sua própria casa.

“Inspirei-me em um livro de animação do meu filho. Tenho câmera profissional em casa, montei um cenário e tive a ideia de chamar um extraterrestre para passar um dia na praia e dar um oi para o espaço”, conta, sorrindo.

Com sua voz doce e suave, ela faz essa “viagem” em sua residência, fala de expressão e gentileza, além de resistência em tempos de quarentena.

“Seria impossível passar por essa pandemia sem a música. O processo do EP Quero de Novo estava num ponto que dava para fazer tudo remotamente. Fizemos a mixagem e masterização com o Gabriel da Century, no Rio de Janeiro (RJ). Fazer videoclipes está sendo um desafio. Mas, devagar e com criatividade, conseguimos”, comemora, feliz com o segundo lançamento.

Sobre Andréa Aiko

Ela é carioca de nascença, mas passou anos da sua vida percorrendo as terrinhas de Minas Gerais e se instalou na capital federal, onde começou nova na música. Desde os seus seis anos, Andréa Aiko já estudava no Instituto de Música de Brasília. Passou oito anos estudando piano clássico. Depois, o amor foi para o violão popular e, em seguida, para o violão clássico. Ainda, estudou teoria musical, fez ballet, patinação artística e coral, este último essencial para sua voz e carreira. A paixão pelo canto era tanta que, mesmo formando em Zootecnia em Viçosa (MG), ela continuou a cantar na Universidade que também tinha espaço para o coral e para outras apresentações musicais. “Foi aí que comecei a gostar de cantar com banda”, diz.

Funcionária atualmente do Banco do Brasil, ela também participou de um concurso musical realizado para os funcionário do BB, onde gravou um CD com a produção musical de Renato Vasconcelos e tomou gosto por gravar música em estúdio. Andréa fez ainda inscrição para o concurso de talentos do Faustão – Rede Globo, onde foi selecionada para a primeira etapa. Em 2004, ela teve sua segunda experiência em gravação em estúdio no concurso da FENABB, produzido pelo músico Raimundo Fagner. Em 2008, aproveitou as suas composições autorais para gravar com o pianista Ricardo Nakamura no álbum Tão Simples, um disco puxado para o jazz, com 12 músicas, que ainda pretende lançar.

Fora isso, destaca: “Tive ainda a oportunidade de ter aulas com o grande mestre da música, o Gamela. Depois, um amigo meu do samba me chamou para ensaiar e tomei mesmo gosto por este estilo. Até ao cavaquinho me dediquei, onde iniciei as aulas com o professor Luiz Barbosa, com quem estudei diversos compositores e sambas antigos. Cursei ainda no Clube do Choro de Brasília com nomes como Marcio Marinho, Matheus Donato e William Ribeiro”, relembra.

E foi William Ribeiro que a deu força para iniciar o EP Quero de Novo. “William fez toda a produção musical e arranjos das músicas com muito profissionalismo e criatividade. Há ainda músicos incríveis neste trabalho comigo como o Jorge Macarrão, Fernando César, Ricardo Nakamura, Leo Paes, Iris Bustamante, Juliana Dantas e a incrível presença dos meninos da banda Feijão, no coro”, ressalta.

Na sua história, ela ainda conheceu a musicista Paula Santoro em um Workshop de Música em Brasília. Fator determinante encontrar a estética da sua voz suave e, ao mesmo tempo, forte. Agora, em 2020, Aiko chega com o álbum Quero de Novo.

Ficha técnica do videoclipe Oi:

Artista: Andréa Aiko
Direção, captação de imagens e edição: Andréa Aiko
Agradecimentos: Harrisson Azevedo e Luciana Gozzi
Créditos do áudio:
Composição: Andréa Aiko/Harrisson Azevedo
Versao inglês: Andréa Aiko/Alexandre Akio
Versão espanhol: Andréa Aiko/Edwin Piscoya
Direção musical e arranjo: Willian Ribeiro
Bateria e baixo: Léo Paes
Cavaco e Violão 6 cordas: William Ribeiro
Percussão: Jorge Macarrão
Piano: Ricardo Nakamura
Gaita: Pablo Fagundes
Assovio: Andréa Aiko

Serviço:

Cantora Andréa faz live para falar sobre segundo videoclipe da canção Oi
Data: 28 de outubro, quarta-feira
Horário: 20h
Local: Instagram: @andreaaiko
Confira videoclipe de Oi:  https://www.youtube.com/watch?v=tS79s2SfpMg&feature=youtu.be&ab_channel=AndreaAiko
Gratuito
Informações no Instagram: @andreaaiko
Livre para todos os públicos.

Anterior Após 24 anos de Globo, Carla Vilhena é contrata pela CNN
Próximo Bar Primo Pobre inova com “Bingo Musical”