A cantora Ana Vilela aposta em nova sonoridade e tem participações especiais de Vitor Kley e do grupo de rap 3030

O novo álbum de Ana Vilela vem carregado de sua essência, mas traz uma nova sonoridade para explorar o amadurecimento da cantora. Contendo sete faixas,“Contato” sai pelo slap, selo da Som Livre, nesta sexta-feira (23) – ouça. O disco fala sobre relacionamentos reais e nasceu da necessidade da artista ter ‘contato’ com seu público. Com participações especiais de Vitor Kley e 3030, o trabalho traduz Ana de forma mais sincera, com sua personalidade única – confira. 

A cantora diz que a inspiração para criar qualquer música são as pessoas e afirma que escreve sobre elas quase sempre contando suas histórias em forma de poesia. “Dessa vez eu quis falar sobre isso sem toda a inocência do primeiro álbum. Existe uma diferença de maturidade entre os dois projetos e acho que a galera vai sentir isso quando ouvir. Queríamos músicas sobre o amor, mas não mais sobre aquele amor inocente, de adolescente, sabe? Queríamos o amor real, que tem problemas reais, que tem carinho, malícia. Acho que esse foi o ponto de partida pra tudo nesse disco”, explica.

As faixas que compõem o álbum são “Fala”, “Rolê”, “Plano Doido”, “Estádio”, “Episódio 20”, “Sorvete” e “Pra Não Te Acordar”. Esta última música foi lançada em junho, no dia do Orgulho LGBTQIA+, com clipe protagonizado pela cantora e pela atriz Luana Colpani, retratando uma história de amor sem clichês – confira.

A canção foi o pontapé inicial para a mudança sonora da artista. “Essa faixa foi nossa primeira certeza. Foi a primeira música que a gente ouviu quando começou o processo de seleção das músicas do disco e eu me lembro de pensar ‘essa é especial’. A Gisele de Santi me deu esse presente lindo, e na hora a gente já abraçou como a música que a gente queria trabalhar, que queria que o mundo visse primeiro, sabe? Esse foi o primeiro passo na mudança toda”, afirma.

O novo trabalho da cantora conta com participações especiais de Vitor Kley em “Rolê” e o grupo de rap 3030 em “Fala” – a faixa terá clipe disponível em breve, no canal do YouTube da cantora. Sobre a parceria com Vitor, ela diz que não pensou em outra pessoa quando ouviu a música e a pegada ‘good vibes’ combinou perfeitamente com o momento. Já em “Fala”, ela conta que queria algo mais dançante e o rap foi uma consequência. “Escrevi pensando em ser alguma coisa mais dançante, quase meio latina, com uma batida mais marcada. Quando a gente percebeu que seria incrível ter um rap nela, logo pensamos no 3030, que eu sou fã. Falamos com eles e o envolvimento foi muito recíproco também. A música ficou linda demais”, declara.

Os integrantes de 3030 estão animados com o lançamento e não faltam elogios sobre trabalhar com Ana. Rod, que faz parte do grupo, conta que não imaginava que cantaria com ela, mas foi surpreendente como fluiu o projeto e até se tornaram amigos. “Foi uma enorme satisfação fazer esta parceria com a Ana. A gente já conhecia o trabalho dela, mas não imaginávamos fazer uma música juntos. Foi uma surpresa muito agradável quando a gente se conheceu, uma ‘vibe’ ótima. Nós do 3030 agradecemos a oportunidade e estamos felizes, porque daqui a pouco “Fala” estará na rua, para quem quiser ouvir”, declara. Formado por LK, Bruno Chelles e Rod, o grupo está na cena do rap desde 2008 e já coleciona trabalhos marcantes que falam desde a temática espiritual até sociopolítica.

As expectativas para o projeto são as melhores e a cantora espera que o público abrace a ideia de sua nova fase. “Foram meses de trabalho pra gente chegar no resultado que vocês estão recebendo agora, e a gente pensou em todos os detalhes pra galera sentir as mesmas coisas que a gente sentiu produzindo. O disco traz uma mudança de personalidade para o meu som, e acho que a maior expectativa é no sentido de que as pessoas abracem a ideia e curtam essa nova fase”, finaliza.

“Contato” – Ana Vilela

Lançamento slap/Som Livre – 23 de agosto/2019

1 – Pra Não Te Acordar
2 – Fala
3 – Role
4 – Plano Doido
5 – Estádio
6 – Episódio 20
7 – Sorvete

Sobre o slap

O slap faz parte da vida de quem busca novas experiências musicais e orgulha-se de, desde 2007, fomentar a cena indie e abrir as portas do mercado para novos artistas. Sua missão é potencializar e empoderar a cena musical independente do país, incentivando o midstream e fazendo com que novos sons, originais e arrojados, cheguem a cada vez mais pessoas. O slap carrega em sua história grandes lançamentos de nomes como Maria Gadú e Silva. Seus representantes têm todos a autenticidade como característica, e entre eles estão Céu, Marcelo Jeneci, Scalene e Nina Fernandes.

CAST: Ana Vilela | Céu | Laura Lavieri | Marcelo Jeneci | Maria Gadú | Nina Fernandes | Scalene | Silva

somlivre.com
facebook.com/slapmusica/
instagram.com/slapmusica/
twitter.com/slapmusica

Anterior Groundation e Mato Seco no Festival FYAH - Cultura Black
Próximo Praça dos Três Poderes será palco de nova apresentação de balé