O Alexisonfire lançou a segunda faixa deOtherness, seu primeiro álbum completo em mais de 13 anos. “Reverse The Curse” é um comentário poético sobre como enfrentar os demônios ancorados por um riff gigantesco. Alguns riffs são guardados até que façam sentido. “Reverse The Curse” existe de uma forma ou de outra desde ‘Crisis’. Havia até mesmo uma versão que usamos na versão original de ‘Young Cardinals’, mas vimos que não era pra ser. Esse riff encontrou o encaixe perfeito durante nossos ensaios no período de quarentena e estou feliz por finalmente vir à luz”.

Otherness será lançado em 24 de junho através do Dine Alone Records. O álbum apresenta 10 novas músicas, incluindo o explosivo primeiro single, “Sweet Dreams Of Otherness”, que pode ser ouvido aqui. O álbum é produzido pelo AOF e mixado pelo ‘valentão’ do punk, Jonah Falco (Fucked Up, Chubby and the Gang).

O vídeo de “Sweet Dreams Of Otherness”, foi dirigido pelo inimitável ator e diretor Jay Baruchel (LOL: Last One Laughing Canada, Goon, This Is The End, Random Acts of Violence) estreou através do canal do Alexisonfire no YouTube. Assista aqui.
Dessa vez, o Alexisonfire seguiu uma linha contínua em estado de alteridade através dessa produção. Otherness atraiu a todos para os sentimentos da formação desta banda. Atraímos o tipo de indivíduos que sentiram a sensação de serem estranhos ou únicos. Percebendo ou não, alteridade tem nos seguido durante a infância, adolescência até à nossa vida adulta. Ela impulsiona os nossos gostos e proclividades. Liga-nos a nós próprios e aos outros.

E ṇo se enganem, mesmo nos nossos momentos mais dom̩sticos e mundanos, somos verdadeiros outliers. РDeclara̤̣o de Otherness
Otherness é o registro mais coeso e realizado pela banda até hoje. Para aqueles que precisam de um refresco, o AOF lançou quatro álbuns de estúdio de enorme sucesso, todos com a certificação Platinum Music no Canadá: Alexisonfire (2002), Watch Out (2004), Crisis (2006), e Old Crows / Young Cardinals (2009). Crisis estreou em #1 no Top 200 Soundscan (Canadá), e Old Crows / Young Cardinals estreou em #2, e classificado em #9 na tabela de Álbuns Independentes da US Billboard. O número de álbuns feitos fora de Alexisonfire por diferentes membros da banda ao longo dos anos – incluindo City and Colour, Dead Tired, You+Me, Dooms Children, e Billy Talent – poderia encher várias prateleiras de loja de discos.

A mistura de clássicos de Alexisonfire e texturas recém-descobertas de “Sweet Dreams of Otherness” tornou-se um roteiro para o resto do disco. A voz envolvente de Dallas Green; a atitude de Wade MacNeil; o tom pesado de George Pettit; tudo ancorado por uma mistura de vulnerabilidade, confiança, e uma imprudência empolgante. Como cada canção de Alexisonfire se expande e contrai persistentemente, o baixista Chris Steele e o baterista Jordan Hastings permanecem sincronizados, presos em ranhuras implacáveis e batidas.

O próprio Alexisonfire produziu a Otherness em cerca de uma semana. Mantiveram o álbum como um “assunto de família”, trabalhando em uma estreita colaboração com as pessoas que estiveram com eles durante anos. A composição ocorreu no clubhouse Dine Alone Records. O álbum inclui órgão, teclados, e pedais do colaborador de longa data de Green, Matt Kelly. Jill Zimmerman e Darren “Jeter” Magierowski (que é também primo de Steele) foram engenheiros, nos estúdios da Jukasa Recording Studios.

“A maior diferença é o espaço em que todos nós estamos. Ficamos todos muito entusiasmados em fazer uma gravação, e foi uma grande trégua do que estava acontecendo no mundo”. Parecia que a vida podia ser bela”, diz MacNeil. “Nós nos apoiamos uns aos outros. Todos estavam de tão bom humor. Era um prazer poder fazer isso de novo”.

Como a Revista Revolver observou em 2019: “É difícil avaliar a influência que Alexisonfire teve no pós-hardcore até meados dos anos 2000, sua combinação de canto e gritos definiu um modelo para muitos artistas que viriam”. Cinco caras tocando rock agressivo (com nada menos do que três deles cantando e gritando), um fenômeno que cresceu no meio de arenas de hóquei enquanto puxavam e empurravam cabos de guitarra soltando uma força melódica e um peso emocional.

“Por mais que adoremos tocar as canções antigas, não queremos ser um ato de nostalgia”. A única razão para voltarmos é sentirmos que ainda temos algo a dizer”, insiste Pettit. “Passamos tanto tempo na estrada pensando que, se parássemos, as pessoas perderiam o interesse. Mas quando fomos embora, só aumentou. Todos nós esculpimos novos caminhos para nós mesmos, então voltar para Alexisonfire é um processo criativo muito agradável. Algo especial acontece quando entramos em uma sala juntos”.

Otherness Tracklist

01. Committed to the Con
02. Sweet Dreams of Otherness
03. Sans Soleil
04. Conditional Love
05. Blue Spade
06. Dark Night of the Soul
07. Mistaken Information
08. Survivor’s Guilt
09. Reverse the Curse
10. World Stops Turning

Datas da Turnê 2022

27 de abril – History – Toronto, ON (Free Show – SiriusXM + LiveNation – SOLD OUT)
19 de Maio – Marathon Music Works – Nashville, TN
20 de Maio – The Eastern – Atlanta, GA
21 de Maio – Welcome to Rockville 2022 – Daytona Beach, FL
23 de Maio – House of Blues New Orleans – New Orleans, LA
25 de Maio – Paper Tiger – San Antonio, TX
27 de Maio – White Oak Music Hall – Houston, TX
29 de Maio – So What Music Festival 2022 – Arlington, TX
3 de Junho – Slam Dunk Festival North 2022 – Leeds Temple Newsam – Leeds, UK (headline)
4 de Junho – Slam Dunk Festival South 2022 – Hatfield Park, Hatfield – UK (headline)
15 de Junho – Iceberg Alley Performance Tent – St. John’s, NL
16 de Junho – Iceberg Alley Performance Tent – St. John’s, NL
2 de Julho – Born & Raised Concert Series – St. Catharines, ON
3 de Julho – Born & Raised Concert Series – St. Catharines, ON
13 de Julho – RBC Bluesfest 2022 – Ottawa, ON
14 de Julho – MTELUS – Montreal, QC (SOLD OUT)
15 de Julho – MTELUS – Montreal, QC
16 de Julho – Festival D’éte – Québec, QC (w/ Rage Against the Machine)
21 de Julho – Roadrunner – Boston, MA
22 de Julho – The Filmore – Silver Spring, MD
23 de Julho – Pier 17 – New York, NY
14 de Setembro – House of Blues Cleveland – Cleveland, OH
15 de Setembro – The Fillmore Detroit – Detroit, MI
23 de Setembro – Furnace Fest – Birmingham, AL
4 de Outubro – Hollywood Palladium – Los Angeles, CA
5 de Outubro – The Warfield – San Francisco, CA
6 de Outubro – Aftershock 2022 – Sacramento, CA
8 de Outubro – SOMA Mainstage – San Diego, CA
9 de Outubro – House of Blues Anaheim – Anaheim , CA

Alexisonfire: Website | Facebook | Twitter | Instagram | YouTube
Dine Alone Records: Website | Facebook | Twitter | Instagram | Dine Alone Store