Goethe-Zentrum Brasília apresenta mais uma série de de filmes alemães com curadoria do professor Pablo Gonçalo. A segunda edição de A Alemanha nas Telas enfatiza clássicos e contemporâneos que ainda não são totalmente conhecidos do público de Brasília

Mais um panorama amplo do cinema alemão que vai dos clássicos mudos até obras primas contemporâneas. A segunda edição da mostra A Alemanha nas Telas, em cartaz de 22 a 24 de outubro no Goethe-Zentrum Brasília-Auditório Cyro dos Anjos, com entrada franca.

A mostra será aberta com o clássico A morte cansada (Der müde Tod, 1921), obra da primeira fase do cinema mudo de Fritz Lang. A exibição será acompanhado ao vivo pelo pianista Serge Frasunkiewicz, em apresentação única.

Sob a rigorosa curadoria de Pablo Gonçalo, professor da Faculdade de Comunicação da UnB, a mostra apresenta, ainda, três obras contemporâneas de diretores importantes como Valeska Grisebach e Christian Petzold, cineastas que propoem narrativas minimalistas, fluidas e com uma encenação que salienta as experiências íntimas dos seus personagens.

Esta segunda edição traz, também, A Outra Pátria – Crônica de um Anseio. O filme retrata as condições sociais e as inquietudes de um vilarejo alemão no século XIX que opta pela emigração. A obra encerra uma longa série de filmes que revisitam a história da Alemanha dirigidos por Edgar Reitz, diretor vindo das origens do cinema novo alemão.

Progrmação

22/10 – segunda
19h30 – ABERTURA
A Morte Cansada (1921), de Fritz Lang
Filme mudo acompanhado ao vivo pelo pianista Serge Frasunkiewicz

23/10 – terça
17h30 – A Outra Pátria – Crônica de um Anseio (2013) Parte I, de Edgar Reitz
19h30 – A Outra Pátria – Crônica de um Anseio (2013) Parte II, de Edgar Reitz

24/10 – quarta
17h30 – Saudade (2006), de Valeska Grisebach
19h30 – Bárbara (2012), de Christian Petzold

Os Filmes

A Morte Cansada
Der müde Tod
Direção: Fritz Lang | Drama | P&B | 1921 |100 min
O roteiro de Fritz Lang e sua esposa, Thea von Harbou, apresenta a saga de uma jovem que tenta impedir o falecimento de seu noivo. Para tanto, ela deve negociar com a morte, um homem misterioso de capa preta, que lhe apresenta três velas. Cada uma revela uma história que a moça deve percorrer em um ambiente diferente: Bagdá no século IX, Veneza no século XVII e a China Imperial.

A Outra Pátria – Crônica de um Anseio
Die andere Heimat – Chronik einer Sehnsucht
Direção: Edgar Reitz | Drama | Cor/P&B | 2013 | 230 min
Em meados do século XIX, quando a fome, a pobreza e a tirania afligiam as pessoas, centenas de milhares de pessoas migraram da Europa para a distante América do Sul: ”Algo melhor do que a morte existe em todo lugar”, foi sua amarga constatação e sua esperança. No contexto desse drama inesquecível, Edgar Reitz desenvolve seu novo longa, A outra pátria – crônica de um anseio.

Cenário e universo uma vez mais se passam em Schabbach, um vilarejo fictício. Ali, vivenciamos a história de dois irmãos que em seu povoado descobrem que apenas os sonhos podem salvá-los.

Saudade
Sehnsucht
Direção: Valeska Grisebach | Drama | Cor | 2006 | 88 min
Markus (Andreas Müller) e Ella (Ilka Welz) formam um casal de jovens que se amam desde a infância. Agora, com seus 30 e poucos anos, ele é soldador e membro auxiliar de uma brigada de incêndio e ela é faxineira e canta em um coro. Depois de uma noite de bebedeira e diversão, Mark acorda na casa de uma garçonete, Rose (Anett Dornbusch), tentando descobrir o que aconteceu.

Bárbara
Direção: Christian Petzold | Drama | Cor | 2012 | 105 min
Bárbara, uma médica de Berlim Oriental da década de 1980, é banida para uma clínica no interior do país como punição por ter se candidatado a um visto de saída da Alemanha Oriental. Profundamente insatisfeita com sua transferência e com medo de seus colegas de trabalho serem possíveis informantes da Stasi, Bárbara permanece indiferente, especialmente por causa do bom relacionamento que tem com o diretor da clínica, André.

Bárbara se mantém discreta pois se prepara secretamente para desertar um dia, com a ajuda de um amante que já vive do outro lado. Apesar de seus planos, ela acaba conhecendo pessoas que colocam seus desejos e as pessoas ao seu redor sob uma nova luz. Com sua mudança de perspectiva, Barbara se vê diante de um doloroso dilema moral que a força a escolher o que ela valoriza.

Site: www.goethebrasilia.org.br/cultura/a-alemanha-nas-telas/
Período: De 22 a 24 de outubro de 2018
Local: Goethe-Zentrum Brasília-Auditório Cyro dos Anjos
Curadoria: Pablo Gonçalo
Realização: Goethe-Zentrum Brasília e Embaixada da Alemanha
Apoio: Associação Nacional de Escritores

Anterior Projeto Ocupa Cena traz espetáculo para Espaço Cena
Próximo Cia de Comédia Os Melhores do Mundo em Taguatinga!