AfroExplo VII


AfroExplo comemora o Mês da Consciência Negra. Desfile de Moda Afro e seminário são algumas das atrações do projeto promovido pelo Instituto Cultural Congo Nya.

Um espaço para celebrar e enaltecer a beleza e a diversidade da cultura afro-brasileira. Com essa proposta, o AfroExplo leva ao palco do Museu Nacional, no Mês da Consciência Negra, o VII Desfile de Moda Afro. Sob o tema “Acenda sua chama Tanzânia”, o evento ocorrerá no dia 19 de novembro e reunirá técnicas de teatro, dança afro e percussão, trabalhadas ao longo das oficinas de capacitação, realizadas pelo Instituto Cultural Congo Nya.

As atividades do projeto tiveram início em agosto e chegam ao seu ápice em novembro. Com uma programação diversificada, o AfroExplo é uma ação social que conta com incentivo do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) do Distrito Federal. A iniciativa também pretende promover a valorização da produção cultural de São Sebastião, exaltando artistas e a população da comunidade.

Cronograma – Em outubro, no dia 8, os alunos da oficina de percussão se apresentarão às 11h, no Centro de Cultura e Formação Nação Zumbi, durante o Sarau da Primavera, ao lado da Orquestra Alada Trovão da Mata.

No dia 22, das 14h às 18h, o seminário “As conquistas do povo afro brasileiro nos últimos 500 anos” leva ao campus São Sebastião do Instituto Federal de Brasília personalidades para debater a situação do negro na atualidade. O advogado pan-africanista José Raimundo Bahia, a especialista em Culturas Negras do Atlântico Lia Maria e a professora do IFB Diene Ellen Silva, discorrerão sobre as lutas, vitórias e a história dos afrodescendentes. Já o artista plástico Paulo Dagomé falará sobre Cultura e Resistência no DF.

Já no dia 28, das 20h às 23h, o projeto desembarca no Ponto de Cultura Imaginário Cultural, em Samambaia, onde o público poderá conferir uma versão pocket do espetáculo de artes integradas, que reúne dança afro, teatro e percussão.

Em Novembro, a contagem regressiva para o AfroExplo – VII Desfile de Moda Afro tem início com a celebração dos 13 anos do Ponto de Cultura, festejado no dia 15. Para comemorar em grande estilo, o Instituto Cultural Congo Nya promoverá uma programação especial para divulgar o resultado das atividades da instituição em 2016 e contrapartidas do projeto, com apresentações de dança, teatro e percussão.

Na ocasião, também será lançada a coletânea com 14 faixas de artistas da região, trabalhada ao longo da Oficina de Gravação e Edição de Música. Já os alunos do Acampamento Tiradentes apresentarão o documentário sobre Pertencimento, desenvolvido no workshop de Filmagem e Fotografia. Ao longo do evento, o público ainda poderá conferir o resultado do curso de Corte e Costura, realizado com mulheres da comunidade de São Sebastião.

No dia 17 de novembro, o IFB de São Sebastião receberá a contrapartida de dança, teatro e percussão, às 20h. A última contrapartida do AfroExplo ocorrerão em e 19 de novembro, quando o ICCN realizará uma apresentação de percussão, no IFB de São Sebastião e na Escola Classe 104, às 10h.

Encerrando o projeto, no dia 19 de novembro, às 19h, o AfroExplo apresenta o VII Desfile de Moda Afro, no Museu Nacional. Com peças exclusivas Black Style, a coleção busca inspiração nas cores e elementos africanos, utilizando estampas e tecidos importados de países como a Tanzânia, grande homenageada desta edição.

O AfroExplo 2016 é uma realização do Instituto Cultural Congo Nya, em parceria com o Fórum de Entidades Sociais de São Sebastião. O projeto conta com o apoio do Instituto Federal de Brasília, da Administração Regional de São Sebastião, do Acampamento Tiradentes, da Escola Classe 104 e do Espaço Imaginário Cultural. O patrocínio é do Fundo de Apoio à Cultura, da Secretaria de Cultura do Distrito Federal.

Tanzânia – O AfroExplo também tem como objetivo incentivar o estudo da história da África e a valorização das conquistas já realizadas mundialmente pelo povo africano e seus descendentes. Nesta edição, as belezas, cores e ritmos da Tanzânia são os grandes homenageados.

Conhecida por seus parques e belezas naturais, a República Unida da Tanzânia é o 31º maior país do mundo e abriga os três maiores lagos da África: Vitória, Tanganica e Malauí. Embora o idioma oficial seja o swahili (ou suaíli), também utilizado por grande parte da população do Quênia e de Uganda, os tanzanianos possuem ainda mais de 100 dialetos.

Terra natal de Fred Mercury, vocalista da banda de rock Queen e ícone da cultura pop, a Tanzânia é dividida em 26 regiões, que incluem o arquipélago de Zanzibar, e possui alguns dos mais antigos assentamentos humanos, com fósseis dos primeiros hominídeos. As pegadas humanas mais remotas, com 3,6 milhões de anos, foram encontradas por lá, e a região da Garganta de Olduvai, localizada ao norte do país, é chamada de “o berço da Humanidade”.

Outras atrações famosas do país são o monte Kilimanjaro, a cratera do Ngorongoro (uma das maiores caldeiras vulcânicas do mundo, que abriga quase todas as espécies de animais daquela região) e as praias de Zanzibar.

Serviço

AfroExplo VII
Data: De 6 de agosto a 19 de novembro.
Locais e programação completa: http://icongonya.wixsite.com/congonya/afroexplo-programacao
Mais informações: (61) 3335-7151 | auxiliar.icongonya@hotmail.com

Anterior Deck do Dudu apresenta novidades
Próximo Vida Curta, Dias Longos