Apresentado pelo Fundo de Apoio à Cultura da Secretaria de Cultura do Distrito Federal, o ADARRUM será realizado nos dias 22, 23 e 24 de fevereiro. O evento ocorrerá no Parque da Cidade

A capital do rock, hoje em dia, abriga tantos ritmos que não pode ser intitulada apenas por um gênero musical. Brasília recebe diversos tipos de eventos: desde samba, pagode e sertanejo até mesmo funk, rock e MPB. No meio de tanta diversidade, o Festival Internacional de Tambores, ADARRUM, chega ao Distrito Federal para a sua segunda edição e vem para conquistar, mais uma vez, o coração dos brasilienses.

Os interessados poderão se inscrever, de forma gratuita, no próprio site do evento (http://adarrum.com.br). Será realizado nos dias 22, 23 e 24 de fevereiro, no Estacionamento 12 do Parque da Cidade, em frente ao Ana Lydia.

Com suporte do Fundo de Apoio à Cultura da Secretaria de Cultura do Distrito Federal, o Festival Internacional de Tambores terá ampla programação, que incluirá workshops oferecidos durante os três dias de evento. Para ministra-los, contará com a presença do Mestre Jackson, um dos fundadores do Olodum e cocriador do samba reggae; Cacau Arcoverde, coordenador de Oficinas de Ritmos Brasileiros em universidades e espaços culturais em todo o Brasil, na Europa e nos Estados Unidos; Célin du Batuk, produtor de obras musicais com releitura de sonoridades e de ritmos afro-brasileiros; Jair Rezende, criador do grupo Lactomia; e Paulo Garcia, produtor cultural, diretor musical e percussionista.

O evento será uma ótima oportunidade para chamar a atenção do exterior para a cultura brasileira. “É uma satisfação enorme ter a segunda edição do Festival ADARRUM, principalmente porque era um sonho para nós inverter a lógica e trazer toda essa galera da Europa para Brasília, ao invés de eles levarem os mestres para lá. Já temos confirmados participantes do Chile, Argentina, Alemanha e França. Para a gente é muito gratificante”, comemora Celio Zidorio, coordenador geral de produção do evento.

Além disso, as atrações do ADARRUM trarão para a população do DF ritmos tradicionais brasileiros e suas releituras. O evento será responsável por criar um ambiente totalmente interativo e dinâmico por meio de rodas de conversa, oficinas, shows e ao fim uma grande orquestra percussiva. O intuito do festival é realizar um intercâmbio cultural entre percussionistas brasileiros e de outros países.

Serviço

Festival ADARRUM
O que: Festival Internacional de Tambores – ADARRUM
Quando: 22, 23 e 24 de fevereiro de 2019
Onde: Estacionamento 12 do Parque da Cidade, em frente ao Ana Lydia
Inscrições: http://adarrum.com.br

Sobre o ADARRUM

ADARRUM é uma palavra do idioma Iorubá que quer dizer, nos candomblés, um toque de atabaques e agogô, em ritmo rápido, contínuo e uníssono, que tem o poder de invocar os orixás, um chamado. A fim de trazer elementos africanos, boas energias e muitos participantes, nomeamos nosso Festival ADARRUM.

Festival Internacional de Tambores
Festival Internacional de Tambores | Foto: Luciano Freire
Anterior Globo Livros lança ''O segredo entre nós'' de Thrity Umrigar
Próximo Oficina Kids Férias no Teatro Goldoni até 30 de janeiro