Espetáculo híbrido A Maquina Desejante entra em cartaz pelas escolas do Distrito Federal

Produção que mescla linguagens visa proporcionar uma experiência de cumplicidade perante algumas perplexidades e deslumbramentos da existência.

Em um misto de teatro, música, performance e instalação, o inédito espetáculo A Máquina Desejante visa proporcionar uma experiência de cumplicidade perante algumas perplexidades e deslumbramentos da existência.

A produção que conta com autoria, direção e interpretação dos multiartistas e pesquisadores João Lucas e César Lignelli e voz de Sulian Vieira (no papel de Aurora) irá entrar em turnê pelas escolas do Distrito Federal. No dia 18 de maio, estará em cartaz às 11h e às 13h30h no Ced São Francisco, em São Sebastião. Já no dia 19 do mês, às 19h30 e 21h, no CEF Doutora Zilda Arns, na região administrativa de Itapoã. Também no dia 22 de maio, no CEF 3 do Paranoá, às 19h30 e 21h. Gratuito. Não recomendado para menores de 14 anos. Mais informações: Instagram @amaquinadesejante.

Com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal – FAC-DF, A Máquina Desejante surge como uma peça-concerto-instalação interpretada por dois músicos-performers (João Lucas e César Lignelli). A obra funde na linguagem teatral os parâmetros de composição musical de modo a criar uma expressividade híbrida em que a narrativa da voz, dos mecanismos, das imagens videográficas e das intensidades performativas é movida pela tração rítmica, harmônica, melódica ou tímbrica dos eventos musicais. De modo inverso, a música flui na reverberação dramatúrgica de mecanismos maquínicos desenvolvidos pelos autores, acompanhando a narrativa de Aurora e ampliando os seus sentidos.

“Pretende-se que o público, através da produção de sentidos dramatúrgicos e das intensidades abstratas da música, possa intuir relações amplas da vida tanto com as instâncias metafísicas do cosmos ou do infinito, como com o âmbito mais restrito das observações cotidianas, construindo os seus símbolos e os seus significados a partir de uma paleta de registros que processam a observação do mundo pelas lentes do humor, da ciência, da filosofia e da poesia”, explicam os autores.

Dentro destes motes, A Máquina Desejante visa por meio do monólogo de uma voz chamada Aurora (Sulian Vieira) produzir um sentido aventuroso de compromisso com o público. A ideia é lançar o desafio de uma experiência perceptiva conjunta, ancorada que está, por um lado, na performatividade mecânica do cenário e, por outro, na expressividade abstrata da música.

Sobre César Lignelli

Pesquisador e multiartista, César Lignelli realiza ações culturais na região do Jardim Botânico e arredores há pelo menos 8 anos. Em 2013, realizou 8 apresentações do espetáculo Um Credor da Fazenda Nacional de Qorpo Santo, sob sua direção, na Quadra 47/49 do Itapuã, além de 8 apresentações na quadra 7 do Varjão. Em 2017, também realizou 4 apresentações como diretor musical e ator da peça Os Fracassados em escolas públicas de São Sebastião. Ainda em 2019, apresentou o espetáculo cênico-musical autoral DeBanda, na Feira Permanente de São Sebastião.

Sobre João Lucas- João Lucas (1964) é um pianista, compositor musical e pesquisador. A sua atividade estende-se igualmente à criação performativa e às artes visuais. Com vasta experiência na composição musical para artes performativas, é mestre pela Universidade de Brasília, na linha de pesquisa de “Processos Composicionais para a Cena” e Doutor, pela mesma Universidade, na linha de pesquisa de “Cultura e Saberes em Artes”.

Ficha técnica:

Autoria, direção e interpretação: João Lucas e César Lignelli
Voz de Aurora: Sulian Vieira
Produção Videográfica: Adriano Roza e João Lucas
Cenário e mecanismos: César Lignelli e João Lucas
Iluminação: Adriano Roza
Figurinos: Cyntia Carla
Gestão e Produção: C1 Arte e Entretenimento, Magno Teles e Paula Jacobson
Assessoria de Redes Sociais: Elevate Comunicação
Assessoria de Comunicação: Clara Camarano
Fotos por: Adriano Roza

Serviço:

Espetáculo híbrido A Maquina Desejante entra em cartaz pelas escolas do Distrito Federal
Data: 18 de maio
Horário: às 11h e às 13h30h
Local: Ced São Francisco, em São Sebastião
Data: 19 de maio
Horário: 19h30 e 21h
Local: CEF Doutora Zilda Arns РItapọ
Data: 22 de maio
Local: CEF 3 do Paranoá
Horário: 19h30 e 21h
Gratuito
Não recomendado para menores de 14 anos
Mais informações: Instagram @amaquinadesejante