No próximo episódio inédito de A Culpa é do Cabral, Fábio Rabin enfrenta Fabiano Cambota, Nando Viana, Rafael Portugal, Rodrigo Marques e Thiago Ventura. Programa vai ao ar nesta terça-feira, 11 de agosto, às 23h, no Comedy Central.

Tá embaçado. Depois de muito esforço para achar um espaço na agenda, Fábio Rabin finalmente aceita o convite. Entre amigos e muito a vontade, Fábio faz revelações de bastidores e do seu encontro marcante com Mr. Catra. A brincadeira sorteada é 2 VERDADES E 1 MENTIRA – desculpa perfeita para mais histórias impagáveis.

Depois das boas vindas do rapper do momento, Double Big, e seu parceiro MC Saudoso, os meninos comentam a hashtag da semana #RINOSEXO. Em GATO MIA, Nando é vendado e tem que adivinhar por qual dos colegas está sendo tocado. Vocês chamaram o Frota para escrever os quadros do programa?

Rodrigo vai às ruas para saber o que SÓ FUNCIONAM AQUI no Brasil. A lista vai da enorme oferta de Motéis até rodo para puxar a água. Em HISTÓRIA DO BRASIL, eles precisam passar o balão pulando num pé só.

Nesta semana, quem atende a ligação de Pedro Álvares é Thiago Ventura. Enquanto ele cumpre a tarefa recebida, rola uma análise de algumas letras de músicas brasileiras bem intrigantes. No quadro quem é O MAIS PROVÁVEL eles acabam confessando suas fraquezas (ou são expostos pelos colegas).

O programa que você adora ver porque não repara na bagunça.

Imperdível.

Serviço

A CULPA É DO CABRAL (PARTICIPAÇÃO ESPECIAL DE FÁBIO RABIN)
Estreia: terça-feira, 11 de agosto, às 23h, no Comedy Central .
Exibição regular: toda terça-feira, às 23h, no Comedy Central .
Os episódios estão disponíveis para assinantes Paramount+, serviço on-demand da ViacomCBS, para assinantes Claro, no NOW, Oi Play e para download nos dispositivos móveis através do Google Play e App Store .

A ViacomCBS Networks Americas, unidade da ViacomCBS Inc. (NASDAQ: VIAC), é formada por muitas das marcas de entretenimento mais emblemáticas do mundo. Seu portfólio na América Latina e no Canadá inclui MTV, Nickelodeon, Nick Jr., Comedy Central, Paramount Network, Telefe e Vidcon. O portfólio também abrange a Tr3s, uma rede de cabo hispânica nos EUA. A ViacomCBS Networks Americas também contempla os estúdios Viacom International Studios, Viacom Digital Studios International e detém uma participação majoritária do coletivo Porta dos Fundos, principal criador de conteúdo de comédia no Brasil e Backdoor voltado ao público de língua espanhola. Os negócios multiplataforma da empresa incluem PlutoTV, Noggin e Paramount+; os aplicativos Nick Play, Mi Telefe e Telefe Noticias; os produtos sob demanda, Nick First e My Nick Jr., além de vários sites.

Comedy Central é uma marca de entretenimento pan-regional voltada ao humor e possui amplo portfólio de conteúdo que engloba a programação do Comedy Central Estados Unidos, aquisições, produções originais, stand-up, produções locais, esquetes, animações séries e filmes. Além disso, o Comedy Central América Latina atinge um crescente número de pessoas conectadas através do site http://www.comedycentral.la e das redes sociais: @ComedyCentralLA e @ComedyCentralBR (Facebook, Twitter e Snapchat). Atualmente, alcança mais de 37 milhões de famílias na América Latina, incluindo o Brasil, onde a marca faz parte do portfólio de canais do grupo ViacomCBS Networks International (VCNI), uma divisão da ViacomCBS Inc. (NASDAQ: VIA, VIAB), presente em diversos países como Reino Unido, Itália, Espanha, Alemanha, Suécia, Holanda, Nova Zelândia, Hungria, Polônia, Israel e Áustria. O Comedy Central é a única marca multiplataforma e global 100% dedicada à comédia, 24 horas por dia. O canal é visto por mais de 288 milhões de famílias, em 140 países ao redor do mundo. No Brasil, exibe as produções nacionais A Culpa é do Cabral e A Culpa é da Carlota. Além disso, com a aquisição de Porta dos Fundos pela ViacomCBS, o canal ganhou a primeira coprodução com o grupo, Porta Adentro, e também as séries de ficção nacional Borges e Homens?.

Anterior A atriz Maitê Proença participa de live com Cacau Hygino
Próximo Live sobre o videoclipe da música “Rajadão” da Pabllo Vittar