Mostra A Cidade Dança de Rafael Lucyk e Eduardo Eirado reúne 28 registros fotográficos de bailarinos em vários monumentos de Brasília. A entrada é gratuita

A arte de fotografar sob um olhar sensível para unir os movimentos de danças com as linhas e os traços de Oscar Niemeyer e Lúcio Costa, em 22 monumentos da capital federal, ressignificando e redescobrindo alguns dos mais incríveis lugares de Brasília. Prazer, essa é a exposição A Cidade Dança, que o 1° Art Design apresenta no estacionamento 10 do Parque da Cidade, a partir desta quinta-feira (28), gratuitamente, até o dia 12 de dezembro.

Com a realização do Instituto de Produção Socioeducativo e Cultural Brasileiro (IPCB), e o apoio da Secretaria de Turismo do Distrito Federal, o 1° Art Design vai levar A Cidade Dança para ser exposta em mais dois lugares de Brasilia: Parque Olhos d’água, de 16 de dezembro a 2 de janeiro de 2020, e Museu da República, de 3 a 20 de janeiro.

Mostra sustentável

A mostra reúne 28 cliques dos fotógrafos Rafael Lucyk e Eduardo Eirado, que serão expostas a céu aberto, com acesso livre, dispostas em totens sustentáveis que contam com um sistema de iluminação durante a noite por baterias carregadas por energia solar.

“O projeto trouxe a ideia de usar a leveza das bailarinas em contraste com a dureza do concreto dos monumentos da cidade, e isso permite uma visão de ressignificar os monumentos da cidade, chamando atenção para a sua beleza e modernidade”, descreve o fotógrafo Rafael Lucyk.

Sobre A Cidade Dança

Idealizada pela dupla de fotógrafos Rafael Lucyk e Eduardo Eirado, os profissionais reuniram sete bailarinas e um bailarino e os levaram para vários monumentos de Brasília, onde desde janeiro, vem fotografando os dançarinos em movimento, reunindo mais de três mil fotos, onde algumas delas já foram expostas em duas mostras: a primeira no Salão Branco do Palácio do Buriti, em comemoração ao Mês da Mulher, e outro produzido pelo BCDesign 2019, no Complexo Cultural da República.

O Projeto enxerga Brasília além do que dizem sobre ela, retratando o que para a Secretaria de Turismo do DF é a própria essência desta cidade capital, unindo dança, arquitetura, design e espaços públicos, sendo um convite para você deixar as imagens falarem, as formas encantarem, as cores envolverem.

“Queremos levar para o brasiliense uma cidade sob as perspectivas dos pioneiros da construção de Brasília enxergaram. E, futuramente, mostrar para o Brasil esse novo ângulo, artístico e arquitetônico”, espera Lucyk.

Serviço

1° Art Design: A Cidade Dança
Exposição fotográfica de Rafael Lucyk e Eduardo Eirado;
Onde: Entre o estacionamento 10 e o antigo Pesque-Pague no Parque da Cidade;
Quando: 28 de novembro a 12 de dezembro;
Entrada gratuita.

Anterior QUATRO POR QUATRO – 25 ANOS DEPOIS
Próximo Netflix divulga trailer de Especial de Natal Porta dos Fundos