A arte levada a sério através do riso


São muitos os projetos artísticos que realizam ações conjuntas com o campo socioeducativo. A Trupe de Circo Social “As Desempregadas” firma seu nome no cenário do DF.

Escrever sobre a importância e a relevância de ações socioeducativas num edital cultural requer preparo e sagacidade de seus produtores para transferir uma boa ideia do papel para a prática artística na vida real. No DF, a Trupe de Circo Social “As Desempregadas” tem realizado projetos recorrentes que dialogam com as artes cênicas, o circo, o empreendedorismo, a formação social e a arte-educação, dando uma verdadeira aula de gestão cultural para quem também tem interesse de embarcar no ramo.

No final de 2017, um projeto na cidade de Santa Maria/DF, selecionou moradoras locais para participaram dos bastidores de uma ação artística. Essas moradores se transformaram em monitoras, recebendo por esse serviço e trabalhando em várias ações e desdobramentos do projeto “Chega aí! O Circo chegou!”. Olhando rapidamente, parece algo simples, mas quando colocamos uma lente de aumento sobre essa ideia, percebemos a magnitude de capacitar pessoas para que possam trabalhar diretamente com a arte, fugindo um pouco da regra de que arte não gera emprego.

Obviamente, trabalhar com arte e cultura exige criatividade e jogo de cintura para que boas ideias não morram numa única temporada. Pensando nisso, a Trupe “As Desempregadas” já começou o ano de 2019 com um super projeto formativo realizado com escolas do Plano Piloto. O projeto, apoiado e realizado pelo Instituto Casa da Villa e Ministério da Cidadania, já realizou, somente nos primeiros dias do ano letivo, aulas inaugurais, apresentações artísticas e oficinas.

MAS COMO FUNCIONA O PROJETO?

É simples. Escolas parceiras recebem a trupe para que realizem apresentações, bate-papos ou oficinas formativas com os estudantes. Esses estudantes passam a ter um contato maior com a arte do teatro e do circo e pouco a pouco podem também expressar seus talentos e particularidades. Experimentados e expressados os talentos dos jovens, é realizada uma mostra de suas aptidões num sarau cultural da Asa Norte – o conhecido Sarau da Ponta da Asa (que também se tornou parceiro do projeto). No sarau, além de acompanhar apresentações de diversos artistas das cidades, os estudantes saem do campo de espectadores e se tornam também a atração do evento. Essa troca e intercâmbio regional gera tudo o que todo grande ou pequeno produtor cultural tanto almeja: a formação de público e a formação de novos artistas.

Para realizar esse projeto, obviamente artistas talentosos e talentosas da cidade de unem para que toda a linha de produção seja eficiente. Atrizes, palhaças, arte-educadores, produtoras culturais, monitoras, designer gráfico, assessor de imprensa e fotógrafo dão ao projeto o que o projeto precisa para poder ser executado com maestria e profissionalismo. E é isso que faz a roda girar! É isso que faz a Trupe de Circo Social As Desempregadas continuar na luta por um Distrito Federal mais preparado crítica e poeticamente para o mundo das artes.

A coordenação geral do projeto é de Maria Tavares. A coordenação de comunicação é assinada por Ana Flávia Garcia e a assessoria de redes por Julia Maia. A produção e gestão é de Mariana Baeta. No time de arte-educadores, Ana Flávia Garcia, Maria Tavares, Julia Maia, Julio Cesar Macêdo (Mandioca Frita). O serviço material gráfico é criado por Gabriel Guirá, as fotos clicadas por Mirley Allef e a assessoria de imprensa feita por Josuel Junior. Vale lembrar que monitoras Natália Cristina, Anne Gramelich e Thaiane Gomes Zampierri, participantes de ações anteriores da trupe em Santa Maria e São Sebastião, voltam a trabalhar também nesse projeto.

A trupe segue sendo exemplo para o DF e, quiçá, para todo o país, promovendo, através do contato com a arte, a formação de estudantes que, quem sabe, um dia serão, também, seus colegas de profissão.

Se você tiver interesse em conhecer melhor o projeto e acompanhar as publicações da trupe pelas redes sociais, basta acessar a página https://www.facebook.com/desempregadasbsb/ .

Confira a agenda

Oficinas de Corpo e movimento e de Circo-Teatro
Local: CEAN (Centro de Ensino Médio da Asa Sorte) – Brasília/ DF
Datas:
18, 20 e 22, 25 e 27 de fevereiro
01, 11, 13 e 15 de março

Encerramento do Sarau da Ponta da Asa
Data: 17 de março
das 09:30 às 12:00 para estudantes do vespertino
das 13:30 à 16:00 para estudantes do matutino

Anterior Galeria Casa será inaugurada no CasaPark dia 27 de fevereiro
Próximo Ressaquinha de carnaval nos dias de folia Boulevard Shopping