Não Conta Para os Meus Pais no Teatro Goldoni


Não conta para os meus pais
Não conta para os meus pais | Foto: Lucas Casado

Trupe brasiliense apresenta espetáculo baseado em TED de neurocientista inglesa sobre a puberdade

Mudanças, dúvidas, oscilações de humor, descobertas. Não é sobre isso que se trata a nova peça da trupe brasiliense Trabalhe Essa Ideia. Quer dizer, é também sobre isso, mas, deixando de lado apenas os clichês sobre a adolescência, o espetáculo “Não Conta Para os Meus Pais”, mostra essa fase da vida de uma perspectiva ainda pouco explorada: a neurociência aplicada ao cérebro adolescente.

O espetáculo tem estreia marcada para o dia 19 de maio no Teatro Goldoni, na Casa D’Itália, e fica em cartaz por dois finais de semana: 19 e 20 e 26 e 27 – sábados às 20h e domingo, às 19h.

O texto original é de uma peça inglesa de nome “Brainstorm”, criado junto à neurocientista Sarah-Jayne Blakemore, do famoso TED Talk “O misterioso funcionamento do cérebro adolescente”. O espetáculo brasiliense é adaptado com histórias pessoais dos atores, que têm entre 11 e 17 anos, para dar o tom ainda mais real à discussão.

De acordo com o texto, há mais ou menos 20 anos, a ciência acreditava que os adolescentes tinham o cérebro igual ao de um adulto, porém, menos treinado. Com o desenvolvimento da medicina, descobriu-se grandes diferenças que explicam melhor o comportamento humano nesta faixa etária.

“O córtex pré-frontal é um exemplo bastante citado no enredo”, conta a diretora do espetáculo, Renata Bittencourt. “Essa é a parte da frente do cérebro, que é a última a se desenvolver completamente. Ela está relacionada ao controle, planejamento e relacionada a ‘não fazer coisas estúpidas’, como o texto coloca”, destaca.

Para os atores mirins, o fato do roteiro ser construído a partir de suas próprias experiências torna o texto mais empático e quebra estereótipos. “Tudo que vemos sobre adolescentes por aí é muito parecido. Sempre querem nos encaixar em modelos pré-determinados, como a patricinha ou o nerd. Na vida real, somos muito mais que isso, somos, na verdade, um pouco disso tudo”, menciona a atriz Diana Belloni, de 17 anos.

“Um dos pontos fortes da peça são as relações familiares. Foi isso que os atores mais trouxeram nas suas histórias. E o bacana é isso, o texto é deles, o assunto é deles, as demandas são deles, é tudo muito real. Tenho certeza que não só outros adolescentes, mas muito pais vão se identificar com o enredo”. Finaliza a diretora.

Os ingressos custam R$ 20, a meia, e podem ser adquiridos antecipadamente na sede da Trupe (713 norte) ou na Happy Code (Asa Sul, Águas Claras, Sudoeste e Lago Norte). Na hora, os ingressos podem ser comprados no próprio teatro, pelo mesmo valor.

Serviço

Não Conta Para os Meus Pais – Trupe Trabalhe Essa Ideia
Quando: 19 e 20 e 26 e 27 de maio
Horário: Sábado, às 20h. E domingo, às 19h.
Onde: Teatro Goldoni, Casa D’Itália – EQS 208/209
Ingressos: R$ 20 a meia

Antecipados

Trupe Trabalhe Essa Ideia – 713 norte, bloco G, loja 56 – 9 95992-7107

Happy Code:

Águas Claras – Av. Parque Águas Claras, 3885, Ed. Mirante Duo – 9 9135-1976
Asa Sul – CLS 415, bloco D, loja 14 – 9 9251-9780
Lago Norte – SHIN QI 5, Dentro do Colégio INDI – 9 9187-7904
Sudoeste – QMSW 5, lote 6, Ed Boulevard Antares I – 9 9114-7287

Ficha Técnica

Direção: Renata Bittencourt
Assistente de Direção: Luiza Hesketh
Elenco: Diana Belloni, Glenda Cury, Izabelle Mour, Jhoni Alvim, Karol Proença, Lara Mello, Laura Querino, Maria Clara Dantas, Mateus Paganini, Mirian Freitas
Produção: Trupe Trabalhe Essa Ideia
Texto Original : Ned Glasier e Emily Lim

Anterior Santa Maria recebe o Festival de dança Corpus dias 18 e 19
Próximo Novidades tecnológicas na 13ª edição do Brasil Sabor