O Rap Salva de Arnaldo Tifu


Arnaldo Tifu
Arnaldo Tifu

Rapper Arnaldo Tifu lança videoclipe do single “O Rap Salva”. O clipe é o primeiro do quarto trabalho de estúdio do artista, o EP #RAP 1997

No embalo do lançamento de seu quarto trabalho de estúdio, o EP #RAP 1997, o rapper Arnaldo Tifu apresenta o primeiro videoclipe do disco, denominado “O Rap Salva”. O clipe simboliza a atmosfera da arte e da cultura rap que Tifu trata na letra. Ao lado do rapper Malokero Anônimo, Tifu fala sobre como o estilo salva a vida de muitos e amplia a visão de mundo. O artista destaca diversos ritmos que derivam ou influenciaram o rap, do alcance das plataformas digitais e sobre a ascensão que a cultura de rua vem ganhando, mas lembrando que é preciso pregar a consciência sem deixar o rap perder suas referências.

Com roteiro de Tifu e de Malokero Anônimo, o videoclipe foi gravado no estacionamento do Poliesportivo Celso Daniel, em Mauá, região metropolitana de São Paulo. Segundo os artistas, a inspiração para o trabalho veio a partir das reuniões regadas a músicas que ecoavam dos alto-falantes dos carros. “O clipe é a representação dessa liberdade que existe entre nós e que permite o debate saudável e promove a reflexão. Os elementos possuem uma dose caricata, exagerada e que, se observada como se lê poesia, vai soar até engraçado”, conta Tifu.

Dentre os elementos, os rappers optaram por utilizar um Opala e um Fusca, caracterizado como “cavernoso, que representam os caminhos percorridos por eles. “É a caminhada e a trajetória que o rap pode nos orientar, ora assumindo o controle, ora como passageiros. Também usamos a bandeira do rap com as cores branco e vermelho, representando o início e o resgate. Os sinalizadores de fumaça vermelha nos alertam para nossa localização e existência, enquanto o skate é a superação dos obstáculos. As crianças, por fim, simbolizam a reflexão do MC, que vai dialogar com todas as idades e, para um salva-vidas, a atenção e o cuidado devem ser redobrados com todos, principalmente com as crianças”, emenda Tifu.

Ficha técnica

“O Rap Salva”
Direção: Arnaldo Tifu
Roteiro: Arnaldo Tifu e Malokero Anônimo
Figurino: Marca Bem
Produção: Arnaldo Tifu
Assistente de produção: Aline Crocco
Câmera e captação de imagens: Pedro Zafalon
Edição, montagem e cor: Thiago Nascimento
Atores: Red Lion (empunhando bandeira)
Bruno 4 Tempos (rapper)
Leandro Segredo (skatista)
Rafa Cavernoso (motorista)
DJ Seth (banca)
Dudu das Rimas e Maria (crianças)
Kaylaine Santos e Beatriz (Bgirls)

Sobre Arnaldo Tifu

Arnaldo Tifu conheceu a música rap desde muito jovem, ainda quando era apenas uma criança, isso aconteceu aos 9 anos de idade. A primeira lembrança de ter ouvido o primeiro RAP, foi na rua de sua casa, no bairro Condomínio Maracanã, localizado na periferia de Santo André, e a música que tocava era nada mais nada menos que “Nome de Meninas”, do rapper Pepeu.

Tifu tornou-se uma referência da cultura Hip Hop, e destacando-se no cenário musical por ter um estilo autêntico, suas composições diferenciam-se por abordagem de temas não muito presentes no estilo musical. Seu rap tem uma presença muito forte da cultura brasileira, com a influência da literatura de cordel, repente, samba e embolada. Assim, Arnaldo Tifu consegue alcançar novos adeptos. Seu primeiro álbum foi lançado em 2009, “A Rima Não Para”, seguido dos trabalhos “A Rima Nunca Para” (2013), “Dias Que Resolvi Cantar”, (2015) e o inédito “#RAP 1997.

Anterior Quarta na Passarela na Bamboa
Próximo Feriado é dia de Auê!