No dia 23 de maio, o grupo brasiliense 7 na Roda apresenta as músicas do segundo disco. O show terá a participação especial de Serginho Meriti

O grupo 7 na Roda lança o segundo disco da carreira, “Convocação”, no dia 23 de maio, 20h, na Caixa Cultural. No repertório, as 13 músicas do novo trabalho, essencialmente formado por composições de artistas da cidade. A única exceção é “Principio, Meio e Fim”, dos cariocas Claudemir e Serginho Meriti. Radicado em Brasília há alguns anos, Meriti faz participação especial no show.

“O 7 na Roda foi formado em um movimento agregador, sempre envolvido no processo de construção da música de Brasília e fortalecendo do movimento cultural da cidade. Nós percebemos que seria uma falha muito grande gravar ‘Convocação’ apenas com músicas nossas ou buscando compositores renomados em nível nacional. Com esse novo trabalho, encontramos uma forma de mostrar que Brasília tem grandes compositores e que é possível, sim, gravar um bom disco, em alta qualidade, só com pessoas daqui. Ao fazer isso, também mostramos que esses compositores podem estar em qualquer disco de samba do Brasil”, diz Breno Alves (pandeiro e voz).

Além de Breno, o grupo é formado por Kadu Nascimento (tantã, surdo e voz), Vinícius de Oliveira (banjo e voz), Guto Martins (percussão), Pedro Molusco (cavaquinho), Jackson Delano (sopros) e Rodrigo Dantas (violão 7 cordas).

Participações especiais e repertório

Gravado no estúdio Feedback em Brasília, “Convocação” contou com algumas participações especiais. A cantora paulistana Fabiana Cozza participou da faixa “Senhora Sereia” (Vinícius de Oliveira) e o baiano Nelson Rufino em “A vida me valeu” (Breno Alves/ Vinicius de Oliveira). Serginho Meriti canta na composição de sua autoria.

A escolha das músicas também aconteceu por meio de uma seleção anunciada no Facebook. Em agosto de 2017, o 7 na Roda convidou compositores da cidade para enviarem suas músicas para o grupo. As quatro finalistas foram apresentadas ao público e as duas mais votadas, “A brisa e o tempo’ (Dudu 7 Cordas) e “Filho forte dessa terra” (Fabinho Samba/Nenel Vida), entraram no repertório do segundo CD.

O CD “Convocação” estará à venda no hall do teatro após a apresentação.

Trajetória

Em 2017, o grupo completou 10 anos de estrada e mostrou ao público uma série de novidades, entre elas, a mudança do nome do grupo. O anúncio do novo nome aconteceu em outubro, durante o show em comemoração a uma década de carreira.

Os músicos, que há 10 anos tocam no Outro Calaf (antes, Bar do Calaf), lançaram o primeiro disco, “Mensageiros do Samba”, em 2013, no Teatro da Caixa. Com 13 faixas, o CD uniu a produção da cidade – com músicas de Vinícius de Oliveira, Breno Alves, Amílcar Paré e Arthur Senna – com temas de baluartes, como Nelson Cavaquinho e Carlos Elias.

Ícone da Velha Guarda da Portela, mestre Monarco participou da gravação de “O felizardo”, música sua, feita em parceria com o filho, Mauro Diniz.

Lançamento do CD “Convocação” do grupo 7 na Roda

Dia 23 de maio, às 20h, na CAIXA Cultural Brasília – Teatro da CAIXA (SBS, Quadra 4, Lotes 3/4).
Ingressos: R$ 20 e 10 (meia-entrada para estudantes, professores, maiores de 60 anos, funcionários e clientes CAIXA). Vendas a partir do dia 19 de maio.
Bilheteria: De terça a sexta e domingo, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 21h.
Informações: 3206-6456
Não recomendado para menores de 12 anos.

Anterior Txai Itacaré
Próximo XXXperience retorna à capital com line-up estrelado